Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre doenças ungueais

Por

Chris G. Adigun

, MD, Dermatology & Laser Center of Chapel Hill

Última revisão/alteração completa dez 2019| Última modificação do conteúdo dez 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Muitos distúrbios podem afetar as unhas, incluindo deformação e distrofia, infecções e unhas do pé encravadas. As infecções podem envolver qualquer parte da unha, podendo ou não alterar o aspecto da unha. A maioria das infecções das unhas é fúngica (onicomicose), mas podem ocorrer infecções bacterianas e virais.

A unidade ungueal é formada pela placa ungueal (a parte dura da unha formada pela proteína queratina) e pelas estruturas circundantes. O leito ungueal fica abaixo da unha e prende a unha ao dedo. A matriz ungueal localiza-se na base da unha sendo o local a partir de onde a unha cresce. A cutícula prende a parte superior da placa ungueal à pele atrás dela. A lúnula é a forma em meia-lua na base da unha. As pregas ungueais são as dobras de pele dura nos lados da placa ungueal onde a unha e a pele se encontram.

Did You Know...

  • Alguns bebês nascem sem unhas, um quadro clínico chamado anoníquia.

Causas

Algumas das causas de doenças ungueais incluem as seguintes:

icon

Spotlight on Aging: Nail Disorders

Com o envelhecimento, as unhas tornam-se secas e quebradiças e planas ou côncavas, em vez de convexas. Podem se desenvolver cristas ao longo de seu comprimento. A cor das unhas pode mudar para amarela ou cinza. Unhas quebradiças podem ficar divididas.

As unhas dos dedos do pé de pessoas idosas e de pessoas com diabetes ({blank} Problemas de pé no diabetes) ou doença vascular periférica ({blank} Cuidados com os pés) exigem atenção especial. Essas pessoas podem apresentar insensibilidade nos pés, o que aumenta o risco de lesão quando elas tentam aparar as unhas. Um especialista em cuidados com os pés (podólogo) pode ajudar a cuidar de suas unhas para prevenir uma ruptura da pele que pode causar infecções.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS