Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Efeitos do envelhecimento na boca e nos dentes

Por

Rosalyn Sulyanto

, DMD, MS, Harvard School of Dental Medicine and Boston Children's Hospital

Última revisão/alteração completa out 2017| Última modificação do conteúdo out 2017
Clique aqui para a versão para profissionais

Com o envelhecimento, a sensação de paladar pode diminuir. As pessoas mais velhas podem achar que seus alimentos são insípidos, então, para ter mais gosto, podem adicionar muito tempero (principalmente, sal, o que é prejudicial para algumas pessoas) ou podem desejar alimentos muito quentes, que podem queimar as gengivas.

Essas pessoas também podem apresentar distúrbios no paladar ou tomam medicamentos que o afetam. Esses distúrbios incluem

Os medicamentos que afetam o paladar incluem alguns medicamentos usados para tratar de pressão alta (como captopril), colesterol alto (como as estatinas) e depressão.

O esmalte dentário tende a desgastar-se com a idade, o que faz com que os dentes se tornem vulneráveis a lesões ou cáries. A perda de dentes é a razão principal pela qual as pessoas adultas não mastigam corretamente – por isso, podem não consumir nutrientes suficientes. Quando pessoas idosas perdem seus dentes, a parte do maxilar que mantinha esses dentes no lugar não preserva sua altura anterior e, assim, parece definhar.

Uma leve diminuição na produção de saliva ocorre com a idade e pode ser diminuída ainda mais pelo uso de medicamentos. A diminuição de saliva causa a boca seca (xerostomia). As gengivas podem ficar mais finas e começar a se retrair. A xerostomia e as gengivas retraídas aumentam a probabilidade de cáries. Alguns especialistas também acreditam que a xerostomia pode deixar o revestimento do esôfago mais suscetível a lesão.

Apesar da xerostomia e da retração gengival, muitos idosos mantêm seus dentes, principalmente pessoas que não desenvolveram cáries ou doença periodontal. As pessoas mais idosas que perdem parte ou a totalidade dos seus dentes provavelmente precisarão de dentaduras postiças parciais ou mesmo completas e/ou implantes.

A doença periodontal é a causa principal da perda de dentes em adultos. A doença periodontal é uma doença destrutiva das gengivas e das estruturas de apoio causada pelo acúmulo prolongado de bactérias. É mais provável surgir em pessoas com uma má higiene oral, nos fumantes e entre as que sofrem de certas doenças, tais como o diabetes mellitus, uma nutrição deficiente, a leucemia ou AIDS. Embora raras, as infecções dentárias causadas por bactérias também podem levar a bolsas de pus (abscessos) no cérebro, trombose do seio cavernoso, febres inexplicáveis e endocardite em pessoas com anormalidades cardíacas graves específicas.

(Consulte também Biologia da boca e Biologia dos dentes).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Canal radicular
Vídeo
Canal radicular
Depois de comer, partículas de alimentos e líquidos contendo açúcar e amido são deixadas nos...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Interior do dente
Modelo 3D
Interior do dente

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS