Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Terapia de câncer combinada

Por

Robert Peter Gale

, MD, PhD, Imperial College London

Última revisão/alteração completa jul 2018| Última modificação do conteúdo ago 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos

Medicamentos para câncer são mais eficazes quando dados em combinação. A justificativa para a terapia combinada é utilizar medicamentos que atuam por diferentes mecanismos, diminuindo assim a probabilidade do desenvolvimento de células cancerosas resistentes. Quando se combinam fármacos com diferentes efeitos, cada fármaco pode ser utilizado na sua dose ótima, sem efeitos colaterais intoleráveis. (Consulte também Princípios do tratamento do câncer.)

Para alguns cânceres, a melhor abordagem é uma combinação de cirurgia oncológica, radioterapia e quimioterapia ou o uso de outros medicamentos para câncer. A cirurgia ou radioterapia tratam o câncer que é confinado localmente, enquanto a quimioterapia também destrói células cancerosas que se espalharam para locais distantes. Por vezes, a radioterapia ou quimioterapia são administradas antes da cirurgia para diminuir o tamanho do tumor, melhorando assim a possibilidade de uma remoção cirúrgica completa (esta técnica é chamada terapia neoadjuvante). A radioterapia e/ou terapia medicamentosa administrada após a cirurgia (chamada terapia adjuvante) ajudam a destruir quaisquer células cancerosas remanescentes.

O estágio e o tipo de câncer determinam se é necessária uma terapia única ou uma combinação. Por exemplo, o câncer da mama na sua fase inicial pode ser tratado apenas com cirurgia, cirurgia combinada à radioterapia, terapia medicamentosa ou com esses três tratamentos, dependendo do tamanho do tumor e do risco de reincidência. O câncer da mama localmente avançado é geralmente tratado com quimioterapia, radioterapia e cirurgia.

Em algumas ocasiões, a terapia medicamentosa combinada é utilizada não para curar, mas para diminuir os sintomas e prolongar a vida. A terapia medicamentosa combinada pode ser útil em pessoas com cânceres avançados que não podem receber radioterapia ou tratamento cirúrgico (por exemplo, aquelas com câncer de pulmão de células não pequenas, câncer de esôfago ou câncer da bexiga que não pode ser totalmente removido por cirurgia).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Radioterapia de intensidade modulada
Vídeo
Radioterapia de intensidade modulada
A radioterapia de intensidade modulada, ou IMRT (intensity modulated radiation therapy), é...
Considerações gerais sobre o câncer
Vídeo
Considerações gerais sobre o câncer

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS