Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Sinais de alerta para câncer

Por

Robert Peter Gale

, MD, PhD, Imperial College London

Última revisão/alteração completa jul 2018| Última modificação do conteúdo ago 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos

O câncer pode causar muitos sintomas diferentes, uns sutis e outros mais óbvios. (Consulte também Considerações gerais sobre o câncer e Sintomas do câncer.)

Alguns sintomas aparecem precocemente no decorrer do câncer, como um caroço indolor na mama e, portanto, são importantes sinais de alerta que o profissional da saúde deve avaliar. Outros sintomas, tais como perda de peso e febre, se desenvolvem apenas depois da progressão do câncer. Ainda outros sintomas, como mudança nos hábitos de evacuação, sangue nas fezes ou dificuldade de engolir, são sinais de câncer em locais específicos do corpo.

Como a cura do câncer é mais provável se estiver menos avançado no início do tratamento, é vital descobri-lo cedo. Alguns sintomas podem ser um alerta precoce de câncer e devem, portanto, levar uma pessoa a consultar um médico. Felizmente, a maioria desses sintomas costuma ser causada por distúrbios menos graves. Contudo, o aparecimento de qualquer sinal de câncer não deve ser ignorado.

Alguns sinais de alerta para câncer são gerais. Ou seja, alterações pouco exatas que não ajudam a determinar o câncer em particular. Ainda assim, a sua presença pode levar os médicos a realizar exames físicos e testes laboratoriais necessários para excluir ou confirmar um diagnóstico. Outros sintomas são muito mais específicos e guiam os médicos até um tipo de câncer ou a uma localização em particular.

Os sinais de alerta de um possível câncer incluem os seguintes:

  • Perda de peso inexplicável

  • Cansaço

  • Suores noturnos

  • Perda de apetite

  • Dor nova e persistente

  • Enjoos e vômitos frequentes

  • Sangue na urina

  • Sangue nas fezes (visível ou detectável através de testes específicos)

  • Alteração recente dos hábitos intestinais (constipação ou diarreia).

  • Febre recorrente

  • Tosse crônica

  • Alterações no tamanho ou na cor de um sinal ou alterações em uma ulceração cutânea que não cicatriza

  • Aumento dos linfonodos

  • Uma ferida que não cicatriza

  • Um crescimento ou mancha na pele que cresce ou muda de aparência

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Radioterapia de intensidade modulada
Vídeo
Radioterapia de intensidade modulada
A radioterapia de intensidade modulada, ou IMRT (intensity modulated radiation therapy), é...
Considerações gerais sobre o câncer
Vídeo
Considerações gerais sobre o câncer

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS