honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Doença da mão-pé-boca (DMPB)

Por

Brenda L. Tesini

, MD, University of Rochester School of Medicine and Dentistry

Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

Doença de mão-pé-boca (DMPB) geralmente é uma doença febril causada pelo vírus coxsackie A16, pelo enterovírus 71 ou por outros enterovírus. A infecção produz erupção vesicular nas mãos, pés e mucosa oral. A DMPB atípica pelo vírus coxsackie A6 costuma causar febre alta com lesões papulovesiculares progredindo para lesões vesicobolhosas e bolhas amplamente distribuídas no corpo.

A doença é muito comum entre crianças pequenas. A evolução é semelhante à da herpangina. (Ver também Visão geral das infecções por enterovírus.)

Ocorreram grandes surtos da doença pelo enterovírus 71 (EV-71) na região da Ásia-Pacífico desde 1997. Doença devido ao EV-71 é mais grave do que aquela causada por outros enterovírus.

As crianças apresentam faringite ou dor bucal e podem se recusar a comer. Febre é comum. As vesículas são distribuídas ao longo da mucosa bucal e língua, palmas das mãos e plantas dos pés e, ocasionalmente, na região glútea ou em órgãos genitais; geralmente, as vesículas da DMPB típica são benignas e de curta duração.

Manifestações da doença mão-pé-boca

A DMPB atípica tem 4 apresentações distintas:

  • Lesões vesicobolhosas disseminadas

  • Eczema pelo vírus coxsackie com lesões concentradas nas áreas de eczema

  • Exantema do tipo Gianotti-Crosti (múltiplas pápulas discretas eritematosas achatadas simetricamente distribuídas na face, região glútea e superfície extensora das extremidades)

  • Lesões purpúreas

A onicomadese (descolamento indolor da unha) é comum durante a convalescença. Meningite asséptica pode complicar a DMPB atípica, mas a maioria dos pacientes se recupera sem intercorrências.

A infecção por EV-71 pode ser acompanhada de manifestações neurológicas graves (p. ex., meningite, encefalite, paralisia semelhante à poliomielite). A morbidade e a mortalidade são significativamente mais elevadas pelo EV-71 do que pelo vírus coxsackie A16 ou outros enterovírus. Observou-se recentemente um grupo de doenças neurológicas associadas ao EV-71 nos EUA em 2018 (1).

O diagnóstico da DMPB é, em geral, clínico.

O tratamento da DMPB é sintomático. Fazer higiene oral meticulosa (usar uma escova de dentes macia e bochechar com água salgada), alimentação leve sem comidas ácidas ou salgadas e medidas tópicas (ver Tratamento da estomatite).

Três vacinas inativadas contra EV-71 estão atualmente disponíveis na China; mas nenhuma foi aprovada para uso nos EUA. As vacinas contra o coxsackie A16 também estão na fase pré-clínica.

Referência

  • 1. Messacar K, Burakoff A, Nix WA, et al: Notes from the field: enterovirus A71 neurologic disease in children — Colorado, 2018. MMWR Morb Mortal Wkly Rep 67(36): 1017–1018, 2018. doi: 10.15585/mmwr.mm6736a5.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS