Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Úlcera péptica em crianças

Por

William J. Cochran

, MD, Geisinger Clinic

Última revisão/alteração completa jul 2017| Última modificação do conteúdo jul 2017
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

A úlcera péptica é uma úlcera de forma redonda ou oval no revestimento do estômago ou duodeno em que houve corrosão pelo ácido gástrico e enzimas digestivas.

  • Ocorre a formação de úlceras no revestimento do estômago ou do duodeno.

  • Os sintomas em crianças incluem dor abdominal persistente e vômitos.

  • O diagnóstico toma por base o resultado de uma endoscopia e, às vezes, de exames de imagem.

  • O tratamento inclui medicamentos para diminuir o ácido estomacal e, às vezes, antibióticos.

(No caso de adultos, consulte Doença da úlcera péptica.)

A úlcera penetra no revestimento gástrico ou duodeno (primeiro segmento do intestino delgado). As úlceras se desenvolvem quando os mecanismos normais de defesa e recomposição do revestimento do estômago ou duodeno estão enfraquecidos, o que torna o tecido epitelial mais sensível ao ácido gástrico.

As úlceras pépticas são muito menos frequentes em crianças do que nos adultos. Como no caso dos adultos, medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e infecção pelas bactérias Helicobacter pylori podem levar à formação de úlceras pépticas. A bactéria Helicobacter pylori não é uma causa tão comum em crianças como é em adultos. Crianças cujos pais têm úlceras pépticas têm mais propensão de ter úlceras, sobretudo se os pais forem infectados por Helicobacter pylori. A exposição à fumaça de segunda mão é outro fator de risco para o surgimento de úlceras em crianças. Adolescentes que bebem álcool ou fumam são também mais propensos a desenvolver úlceras. Crianças de qualquer idade podem desenvolver úlceras quando extremamente doentes, logo após queimaduras, lesões ou doenças graves. Essas úlceras são conhecidas como úlceras de estresse.

Sintomas

Os sintomas característicos ocorrem na parte superior do abdômen e incluem

  • Dor persistente

  • Dor em queimação

  • Dor surda

  • Dor

  • Sensação de vazio

  • Sensação de fome

Contudo, crianças pequenas podem não ter os sintomas característicos, mas podem ter dor abdominal e vômitos. Os bebês com úlceras podem ficar inquietos e irritáveis durante e após a alimentação.

Complicações da úlcera péptica

Em crianças de qualquer idade, as úlceras pépticas podem lacerar (perfurar), sangrar ou causar inchaço que dá origem ao bloqueio do estômago (obstrução).

Diagnóstico

  • Endoscopia

  • No caso de complicações, exames de imagem

O médico diagnostica a úlcera péptica tomando por base o resultado de uma endoscopia. Durante esse exame, um tubo de visualização flexível (endoscópio) é inserido pela boca da criança, passando pelo esôfago, até chegar ao estômago e a primeira parte do duodeno. Com um endoscópio, o médico também pode realizar uma biópsia (coleta de uma amostra de tecido para exame microscópico) para determinar se uma úlcera é causada pela bactéria Helicobacter pylori. Exames de fezes também podem ser feitos para detectar Helicobacter pylori.

Caso haja suspeita de uma complicação, como perfuração, o médico pode realizar exames de imagem, como radiografia, tomografia computadorizada (TC) ou exames de imagem por ressonância magnética (RM).

Tratamento

  • Redução do ácido estomacal

  • No caso de infecção por Helicobacter pylori, antibióticos e medicamentos para reduzir o ácido estomacal

O principal objetivo do tratamento da úlcera péptica é reduzir o ácido estomacal. Medicamentos que reduzem a produção de ácido incluem inibidores da bomba de prótons, bloqueadores de histamina-2 (H2) e antiácidos ( Medicamentos para o tratamento de úlceras pépticas). É também importante reduzir aquilo que causa o aumento da produção de ácido. Por exemplo, as crianças não devem ser expostas a cafeína nem a fumaça de segunda mão.

Crianças infectadas com Helicobacter pylori recebem antibióticos para eliminar as bactérias e um inibidor da bomba de prótons para reduzir o ácido estomacal.

Pode ser necessário realizar cirurgia se houver uma complicação ou se as úlceras retornarem.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Amamentação
Vídeo
Amamentação
O seio externo é formado pelo mamilo e pela aréola. A ponta do mamilo contém diversos orifícios...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Fibrose cística: Espessamento do muco
Modelo 3D
Fibrose cística: Espessamento do muco

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS