Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Vasa prévia

Por

Antonette T. Dulay

, MD, Main Line Health System

Última revisão/alteração completa out 2020| Última modificação do conteúdo out 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

Na vasa prévia, as membranas que contêm os vasos sanguíneos conectando o cordão umbilical à placenta atravessam a abertura do colo do útero (a entrada do canal vaginal) ou estão próximos a ela.

  • A vasa prévia pode causar sangramento intenso no feto e na mãe quando as membranas em torno do feto se rompem, geralmente logo antes do início do trabalho de parto.

  • Para confirmar o diagnóstico, o médico insere um dispositivo de ultrassom na vagina para verificar quanto à presença de vasos sanguíneos sobre ou perto da abertura do colo do útero.

  • Se uma mulher tiver vasa prévia, o médico verifica a frequência cardíaca do feto frequentemente após a 28ª semana de gestação para determinar se o feto está em sofrimento.

  • O parro por cesariana é necessário e costuma ser realizado entre a 34ª à 37ª semana ou até mesmo antes se houver problemas.

Complicações da gravidez, como vasa prévia, são problemas que ocorrem apenas durante a gestação. Elas podem afetar a mulher, o feto ou ambos e surgir várias vezes durante a gestação. No entanto, a maioria das complicações da gravidez pode ser tratada.

A vasa prévia está presente em aproximadamente um em cada 2.500 a 5.000 partos. É mais provável que ocorra quando há certas outras anomalias na placenta.

Normalmente, os vasos sanguíneos entre o feto e a placenta estão contidos no cordão umbilical. Na vasa prévia, alguns destes vasos sanguíneos estão localizados nas membranas que rodeiam o feto, na área entre o feto e a abertura do colo do útero. Quando as membranas se rompem, geralmente um pouco antes do início do trabalho de parto, esses vasos sanguíneos podem romper-se. Assim, o feto pode perder uma quantidade significativa de sangue. Caso o sangramento seja grave, é possível que o feto venha a morrer, e a mãe pode ter complicações decorrentes de perda de sangue volumosa.

O que é vasa prévia?

Na vasa prévia, as membranas que contêm os vasos sanguíneos conectando o feto à placenta atravessam a entrada do canal vaginal (a abertura do colo do útero) ou estão próximos a ela. Quando as membranas se rompem (perto do início do trabalho de parto), esses vasos sanguíneos podem romper-se.

O que é vasa prévia?

Sintomas da vasa prévia

Normalmente, a mulher tem sangramento vaginal indolor quando as membranas se rompem, geralmente logo após o início do trabalho de parto. A frequência cardíaca do feto está muitas vezes lenta.

Diagnóstico da vasa prévia

  • Ultrassonografia

O médico talvez suspeite da presença de vasa prévia quando a ultrassonografia, feita rotineiramente no início da gravidez detectar determinadas anomalias na placenta ou quando a frequência cardíaca do feto estiver alterada. Uma ultrassonografia, geralmente realizada com um dispositivo inserido na vagina (um procedimento denominado ultrassonografia transvaginal), consegue mostrar os vasos sanguíneos que estão atravessando a abertura do colo do útero ou estão próximos a ela e, com isso, confirmar o diagnóstico.

Tratamento da vasa prévia

  • Monitoramento do feto

  • Parto por cesariana

Se a vasa prévia for diagnosticada antes do parto, os médicos geralmente realizam uma cardiotocografia Monitoramento fetal O trabalho de parto consiste em uma série de contrações ritmadas e progressivas do útero que gradualmente movem o feto através da parte inferior do útero (colo do útero) e do canal vaginal ... leia mais duas vezes por semana para avaliar o bem-estar do feto. O monitoramento costuma ser iniciado entre a 28ª e a 30ª semana de gestação. É possível que o médico sugira o internamento hospitalar no caso de uma mulher que esteja com aproximadamente 30 a 32 semanas de gestação ou menos, para que o feto possa ser monitorado de perto.

Geralmente, a mulher recebe um corticosteroide para ajudar com o amadurecimento dos pulmões do feto.

Se a vasa prévia não estiver causando nenhuma complicação, o médico costuma planejar o parto do bebê para entre a 34ª e a 37ª semana de gestação. Contudo, o parto pode ser feito antes se a mulher ou o feto estiverem em perigo.

Um parto por cesariana de emergência costuma ser necessário se

  • O sangramento vaginal continua.

  • As membranas foram rompidas.

  • O feto ou a mãe estão em perigo.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Câncer de vagina
O câncer da vagina é uma forma rara de câncer. Este câncer geralmente se desenvolve nas células de revestimento da vagina, geralmente em mulheres com mais de 60 anos. Qual das opções a seguir é o sintoma mais comum do câncer vaginal?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS