Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Botulismo infantil

Por

Larry M. Bush

, MD, FACP, Charles E. Schmidt College of Medicine, Florida Atlantic University

Última revisão/alteração completa dez 2019| Última modificação do conteúdo dez 2019
Clique aqui para a versão para profissionais

O

botulismo infantil é uma infecção potencialmente fatal que provoca fraqueza muscular. Ele se desenvolve em bebês que ingerem alimentos contendo esporos da bactéria Clostridium botulinum.

O Clostridium botulinum não requer oxigênio para viver. Ou seja, são anaeróbios.

As bactérias clostrídios produzem esporos. Os esporos são uma forma inativa (latente) de bactérias. Os esporos possibilitam às bactérias sobreviverem quando as condições ambientais são difíceis. Quando as condições são favoráveis, esporos se desenvolvem em bactérias. Os esporos de clostrídios crescem quando houver umidade e nutrientes e não houver oxigênio, como ocorre no intestino. Assim, se bebês consumirem alimentos que contêm esporos de clostrídios, os esporos se desenvolverão em bactérias no intestino e começarão a produzir toxinas.

O botulismo infantil é mais frequente nos bebês com menos de 6 meses de idade.

A causa da maioria dos casos de botulismo infantil é desconhecida, mas alguns casos têm sido associados à ingestão de mel. Assim, os médicos recomendam que crianças com menos de 12 meses de idade não sejam alimentadas com mel.

Você sabia que...

  • Crianças com menos de 12 meses não devem ser alimentadas com mel.

Sintomas

Em aproximadamente 90% dos bebês com botulismo, a obstipação é o primeiro sintoma. Em seguida, os músculos se tornam fracos, começando na face e na cabeça, até alcançar, por fim, os braços, as pernas e os músculos implicados na respiração. As pálpebras ficam caídas, o choro é fraco e a baba pode aumentar. Os bebês não conseguem sugar tão bem e o rosto perde a expressão.

Os problemas vão desde ficar cansado e alimentação lenta até perder uma quantidade substancial de tono muscular e ter dificuldade de respiração. Quando as crianças perdem tono muscular, podem se sentir uma moleza anormal.

Diagnóstico

  • Exames de fezes

Os médicos suspeitam de botulismo infantil com base nos sintomas.

A detecção das bactérias ou das toxinas numa amostra de fezes de um bebê confirma o diagnóstico de botulismo infantil.

Tratamento

  • Imunoglobulina botulínica

O tratamento é iniciado assim que houver suspeita de botulismo infantil, sem esperar pelos resultados de testes.

Os bebês são hospitalizados e os médicos tomam medidas para estabilizá-los (evitar que o seu quadro piore), como o uso de um ventilador mecânico para ajudar na respiração.

O botulismo infantil é tratado com imunoglobulina botulínica, que é administrada lentamente por veia. Esta imunoglobulina é obtida de doadores humanos que têm níveis elevados de anticorpos contra a toxina botulínica. (Anticorpos são proteínas produzidas pelo sistema imunológico para ajudar a defender o corpo contra um agressor específico, como a toxina botulínica).

Os antibióticos não são úteis porque o problema principal é a toxina que já foi produzida pelas bactérias.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS