Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Alcalose

Por

James L. Lewis, III

, MD, Brookwood Baptist Health and Saint Vincent’s Ascension Health, Birmingham

Última revisão/alteração completa jan 2020| Última modificação do conteúdo jan 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

A alcalose é uma excessiva alcalinidade sanguínea provocada por um excesso de bicarbonato no sangue ou pela perda de ácido no sangue (alcalose metabólica) ou por um baixo nível de dióxido de carbono no sangue decorrente de respiração rápida ou profunda (alcalose respiratória).

  • A pessoa pode ter irritabilidade, contrações musculares, cãibras musculares ou até mesmo espasmos musculares.

  • O sangue é examinado para diagnosticar a alcalose.

  • A alcalose metabólica é tratada pela substituição de água e sais minerais como sódio e potássio (eletrólitos) e correção da causa.

  • A alcalose respiratória é tratada pela correção da causa.

pH do sangue

A acidez e a alcalinidade de qualquer solução, incluindo sangue, é indicada na escala de pH, que varia entre 0 (fortemente ácido) e 14 (fortemente básico ou alcalino). O pH de 7,0, no centro desta escala, é o neutro.

O sangue normalmente é levemente básico, com pH normal na faixa de 7,35 a 7,45. Normalmente, o corpo mantém o pH sanguíneo próximo de 7,40.

Causas

Se um excesso de bicarbonato no sangue, uma perda de ácido do sangue ou um nível baixo de dióxido de carbono no sangue sobrecarregar os sistemas de controle ácido-base do corpo, o sangue se tornará alcaloide. A alcalose é categorizada dependendo de suas causas principais como

  • Metabólicas

  • Respiratório

Alcalose metabólica

A alcalose metabólica surge quando o corpo

  • Perde uma quantidade excessiva de ácido

  • Ganha uma quantidade excessiva de base

Por exemplo, o ácido gástrico é perdido durante períodos de vômito prolongados ou quando o ácido gástrico é aspirado com uma sonda (como algumas vezes é feito nos hospitais).

Em casos raros, a alcalose metabólica ocorre em pessoas que ingeriram uma quantidade excessiva de base oriunda de substâncias, como o bicarbonato de sódio.

Além disso, a alcalose metabólica pode se desenvolver quando a perda excessiva de líquidos e eletrólitos (tais como sódio ou potássio) afeta a capacidade renal de manter o equilíbrio ácido-base do sangue. Por exemplo, a hiperatividade da glândula adrenal ou o uso de diuréticos (por exemplo, tiazidas, furosemida ou ácido etacrínico) pode ser causada pela perda de uma quantidade de potássio suficiente para causar alcalose metabólica.

Alcalose respiratória

A alcalose respiratória surge quando

  • A respiração rápida e profunda (hiperventilação) provoca eliminação excessiva de dióxido de carbono da corrente sanguínea

A causa mais comum da hiperventilação e, por conseguinte, da alcalose respiratória, é a ansiedade. Outras causas da hiperventilação e da consequente alcalose respiratória são dor, níveis baixos de oxigênio no sangue, febre e superdosagem de aspirina (que também pode causar acidose metabólica).

Sintomas

A alcalose pode causar

  • Irritabilidade

  • Contração muscular e cãibras

  • Formigamento nos dedos das mãos e dos pés e ao redor dos lábios

Formigamento (parestesia) é uma queixa comum na hiperventilação devido à ansiedade. Às vezes, a alcalose não provoca nenhum sintoma. Se a alcalose for grave, espasmos musculares dolorosos (tetania) podem se desenvolver.

Diagnóstico

  • Exames de sangue

  • Exames de urina

O médico avalia o equilíbrio ácido-base de uma pessoa medindo o pH e os níveis de dióxido de carbono (um ácido) e bicarbonato (uma base) no sangue. Para saber mais sobre a causa da alcalose, o médico também mede a concentração dos eletrólitos em amostras de sangue e de urina.

Tratamento

  • Tratamento da causa

  • Na alcalose metabólica, a reposição de água e eletrólitos

  • Na alcalose respiratória, administrando oxigênio se necessário ou proporcionando reconforto a uma pessoa que está hiperventilando devido à ansiedade

Quase sempre, o tratamento da alcalose é direcionado para reverter a causa. Os médicos raramente administram ácidos, como ácido clorídrico, para reverter a alcalose.

A alcalose metabólica é normalmente tratada pela reposição da água e de eletrólitos (sódio e potássio) enquanto tratam a causa. Raramente, quando a alcalose metabólica é muito grave, administra-se ácido diluído por via intravenosa.

Na alcalose respiratória, a primeira etapa é garantir que a pessoa tenha oxigênio suficiente. O médico, então, procura uma causa séria, como uma infecção. Se a dor estiver fazendo com que a pessoa respire rapidamente, o alívio da dor normalmente é suficiente.

Quando a alcalose respiratória é provocada por ansiedade ou um ataque de pânico, um esforço consciente para relaxar e diminuir a respiração pode fazer com que o quadro clínico desapareça. O reconforto e o apoio emocional podem ajudar, e respirar em um saco de papel (não de plástico) talvez ajude a aumentar a concentração de dióxido de carbono no sangue, visto que a pessoa inspira novamente o dióxido de carbono anteriormente expirado.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Diabetes mellitus
Vídeo
Diabetes mellitus
Durante o processo digestivo, uma grande parte dos alimentos consumidos é convertida em glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema endócrino feminino
Modelo 3D
Sistema endócrino feminino

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS