Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre o ouvido interno

Por

Lawrence R. Lustig

, MD, Columbia University Medical Center and New York Presbyterian Hospital

Última revisão/alteração completa jun 2020| Última modificação do conteúdo jun 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O ouvido interno (labirinto) cheio de líquido é uma estrutura complexa que consiste de duas partes importantes:

  • O órgão da audição (cóclea)

  • O órgão do equilíbrio (sistema vestibular)

A cóclea e o sistema vestibular estão conectados ao cérebro pelo 8º nervo craniano Considerações gerais sobre nervos cranianos Os doze pares de nervos - nervos cranianos - dirigem-se diretamente do cérebro para várias partes da cabeça e para o pescoço. Alguns nervos cranianos estão envolvidos nos sentidos especiais... leia mais (vestibulococlear). Um ramo deste nervo, o nervo auditivo, envia sinais sonoros ao cérebro e o outro envia sinais de equilíbrio.

Visualização do interior do ouvido

Interior do ouvido

Cóclea

A cóclea, um canal oco em forma de caracol, é preenchida por líquido. Dentro dela, localiza-se o órgão de Corti, que compreende cerca de 20.000 células especializadas, denominadas células ciliadas. Essas células são compostas por pequeníssimos filamentos (cílios), que se estendem para dentro do líquido. Vibrações sonoras entram na orelha e são transmitidas do tímpano para uma série de três ossos pequenos no ouvido médio (os ossículos). Os ossículos se conectam à janela oval no ouvido interno. O movimento da janela oval causa a vibração do fluido e cílios. As vibrações dos cílios fazem com que as células ciliadas enviem sinais através dos nervos para o cérebro. O cérebro interpreta os sinais nervosos como som.

A despeito do efeito protetor do reflexo acústico, no qual músculos minúsculos no ouvido médio se contraem para amortecer a quantidade de movimento dos ossículos, ruídos altos podem danificar e destruir células ciliadas. Quando alguma dessas células é destruída, ela não é substituída. A exposição contínua a ruídos altos causa lesões progressivas, que acabam por resultar em perda auditiva Perda da audição No mundo inteiro, cerca de meio bilhão de pessoas (quase 8% da população mundial) apresenta perda de audição. Mais do que 10% das pessoas nos Estados Unidos apresenta algum grau de perda auditiva... leia mais Perda da audição e, por vezes, em ruído ou zumbido nos ouvidos (acufeno Zumbido ou zunido no ouvido O zumbido dos ouvidos (acufeno) consiste num som que tem origem no ouvido e não no ambiente. O zumbido é um sintoma e não uma doença específica. O acufeno é muito comum - 10% a 15% das pessoas... leia mais ).

Sistema vestibular

O sistema vestibular consiste em dois sacos cheios de líquido, chamados de sáculo e utrículo, e de três tubos cheios de líquido chamados de canais semicirculares. Esses sacos e tubos reúnem informações a respeito da posição e movimento da cabeça. O cérebro usa essa informação para ajudar a manter o equilíbrio.

O sáculo e o utrículo estão localizados no vestíbulo e contêm células que percebem o movimento da cabeça em linha reta, isto é, para a frente e para trás, sensação de aceleração, para cima e para baixo, sensação da gravidade.

Os canais semicirculares são três tubos cheios de líquido, que ficam em ângulos retos com relação aos outros e percebem a rotação da cabeça. A rotação da cabeça faz com que o líquido se mova nos ductos. De acordo com a direção para a qual a cabeça se mova, o movimento do líquido será maior num dos canais do que nos outros. Esses canais contêm células ciliadas, que respondem a esse movimento do líquido. As células ciliadas iniciam os impulsos nervosos que informam ao cérebro a direção para a qual a cabeça está se movendo, para que possa ser adotada a ação apropriada para manter o equilíbrio.

Se os canais semicirculares não funcionarem adequadamente, o que pode ocorrer numa infecção das vias aéreas superiores, ou outro distúrbio, temporário ou permanente, a pessoa pode perder o senso de equilíbrio, ou ter a falsa sensação de estar se movendo ou girando (vertigem).

Distúrbios no ouvido interno

Distúrbios no ouvido interno podem afetar

  • Audição

  • Equilíbrio

  • Tanto a audição quanto o equilíbrio

Os distúrbios do ouvido interno incluem

Distúrbios do ouvido médio Doenças do ouvido médio leia mais podem causas muitos dos mesmos sintomas causados por distúrbios do ouvido interno, e um distúrbio do ouvido médio pode afetar o ouvido interno e vice-versa.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Paralisia das cordas vocais
A paralisia das cordas vocais é a incapacidade de mover os músculos que controlam as cordas vocais. A paralisia pode afetar uma ou as duas cordas vocais. A paralisia de ambas as cordas vocais é potencialmente fatal. Das opções seguintes, qual é a causa mais provável de paralisia de ambas as cordas vocais?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS