Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Gestação multifetal

Por

Julie S. Moldenhauer

, MD, Children's Hospital of Philadelphia

Última modificação do conteúdo jun 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Gestação multifetal é a presença de > 1 feto na cavidade uterina.

Gestação multifetal (múltipla) ocorre em 1 de 70 a 80 partos. Os fatores de risco incluem

Complicações

Gestação multifetal aumenta o risco de

O útero superdistendido tende a estimular o trabalho de parto prematuro, causando parto pré-termo (média de gestação com gêmeos, 35 a 36 semanas, com trigêmeos, 32 semanas e com quadrigêmeos, 30 semanas). A apresentação fetal pode ser anômala. O útero pode se contrair após o parto da primeira criança, descolando a placenta e aumentando o risco para o feto remanescente. Algumas vezes, a distensão do útero dificulta sua contração pós-parto, provocando atonia e hemorragia materna.

Algumas complicações se só desenvolvem em gestações multifetais. Um exemplo é a síndrome de transfusão entre gêmeos (quando os gêmeos compartilham a mesma placenta: essa síndrome resulta em comunicação vascular entre os dois, o que pode levar ao compartilhamento desigual do sangue).

Diagnóstico

  • Ultrassonografia pré-natal

Suspeita-se de gestação múltipla quando o útero está grande para a idade gestacional; isto fica evidente por ultrassonografia no pré-natal.

Tratamento

  • Cesariana quando indicada.

A cesariana é realizada, quando indicada. A cesariana é recomendada para gêmeos, a menos que o primeiro gêmeo esteja em fase de apresentação cefálica. Múltiplos de ordem mais alta são tipicamente paridos por cesariana, independentemente da apresentação.

Pontos-chave

  • Nas gestações multifetais, o útero superdistendido tende a estimular o trabalho de parto prematuro, resultando em parto prematuro.

  • Verificar outras possíveis complicações, como pré-eclâmpsia e diabetes gestacional, e preparar-se para parto prematuro, cesárea e hemorragia pós-parto.

  • Se o útero for grande para a idade gestacional, fazer ultrassonografia.

  • Para a maioria das gestações multifetais, recomenda-se cesariana para gêmeos, a menos que o primeiro gêmeo esteja em fase de apresentação cefálica.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Como fazer versão cefálica externa
Vídeo
Como fazer versão cefálica externa
Modelos 3D
Visualizar tudo
Parto vaginal
Modelo 3D
Parto vaginal

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS