Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Vacina contra hepatite B

Por

Margot L. Savoy

, MD, MPH, Lewis Katz School of Medicine at Temple University

Última revisão/alteração completa jun 2021
Clique aqui para a versão para profissionais

Em geral, a hepatite B é mais séria do que a hepatite A Hepatite A Hepatite A aguda é uma inflamação do fígado causada pelo vírus da hepatite A com duração inferior a seis meses. Em geral, a hepatite A se espalha quando as... leia mais , sendo ocasionalmente fatal. Os sintomas podem ser leves ou intensos. Eles incluem falta de apetite, enjoo e fadiga. Em 5 a 10% das pessoas, a hepatite B se torna crônica e pode resultar em cirrose e câncer hepático.

Para obter mais informações, consulte a Declaração de informações sobre a vacina contra hepatite B dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças) (CDC).

Administração da vacina contra a hepatite B

A vacina contra a hepatite B é geralmente aplicada em uma série de duas ou três injeções no músculo. Porém, se as pessoas que tiveram sido vacinadas forem expostas ao vírus, um médico mede seus níveis de anticorpos contra a hepatite B. Se os níveis de anticorpos forem baixos, elas podem precisar de outra injeção da vacina contra hepatite B.

Como parte da vacinação infantil de rotina Cronograma de vacinação na infância A maioria dos médicos segue o cronograma de vacinação recomendado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC – consulte o cronograma de vacinação para bebês e crianças e o cronograma... leia mais , todas as crianças recebem geralmente três doses: ao nascimento, com 1 a 2 meses e com 6 a 18 meses de idade. Os bebês que não recebem uma dose ao nascimento devem começar a série assim que possível.

A vacina contra a hepatite B também é recomendada para crianças maiores e adolescentes que não foram vacinados anteriormente. A vacina pode ser administrada a qualquer adulto não vacinado que deseja se proteger contra a hepatite B.

A vacina também é recomendada para todos os adultos não vacinados que estão em maior risco de contrair hepatite B, como os seguintes:

Se as pessoas tiverem uma doença temporária, os médicos costumam aguardar para administrar a vacina até que a doença esteja curada (consulte também CDC: Quem NÃO deve ser vacinado com essas vacinas?).

Efeitos colaterais da vacina contra a hepatite B

Ocasionalmente, o local da injeção fica dolorido e se desenvolve uma febre leve.

Pessoas com histórico de reação alérgica grave a levedura de padaria, usada na produção da vacina contra a hepatite B, não devem receber a vacina.

Mais informações

Seguem alguns recursos em inglês que podem ser úteis. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo desses recursos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS