Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Vacinações na infância

Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é a vacinação (vacinas)?

A vacinação é a maneira de preparar o organismo para combater determinadas infecções. As vacinas não combatem as infecções depois que a pessoa já adoeceu, como acontece com os medicamentos. Em vez disso, as vacinas ajudam a evitar que a pessoa fique doente devido a determinadas infecções.

Às vezes, a vacinação é chamada de “imunização”, porque as vacinas ensinam o sistema imunológico Considerações gerais sobre o sistema imunológico O sistema imunológico é o sistema de defesa do seu corpo. Ele ajuda a proteger de doenças e infecções. A função do sistema imunológico é atacar coisas que não pertencem ao seu corpo, incluindo... leia mais a combater determinadas doenças. Caso a pessoa já tenha recebido proteção contra uma doença com uma vacina, é dito que essa pessoa está “imune” a essa doença.

Cada vacina funciona no sentido de prevenir apenas um tipo de infecção. Por exemplo, a vacina contra a gripe apenas ajuda a prevenir a gripe. Além disso, às vezes, é necessário receber várias doses de uma vacina para que ela seja totalmente eficaz. Como as vacinas são geralmente administradas com uma injeção, várias vacinas costumam ser combinadas em uma única injeção para que a pessoa não precise receber muitas injeções.

As vacinas funcionam?

Sim, as vacinas reduzem o risco de a criança ter uma infecção. As crianças que não são vacinadas têm mais propensão para ficarem doentes ou morrerem devido a determinadas infecções que as crianças que foram vacinadas. Contudo, nenhuma vacina funciona em absolutamente todos os casos. Algumas crianças vacinadas contra determinadas infecções ainda assim adoecem com essas infecções.

No passado, milhares de crianças morriam todos os anos devido a doenças que agora podem ser prevenidas com a vacinação. Centenas de milhares ficavam gravemente doentes. Graças às vacinas:

Se as infecções são raras, por que a criança ainda precisa receber a vacina?

Muitas infecções que podem ser prevenidas pela vacinação ainda ocorrem nos Estados Unidos e ainda são comuns no resto do mundo. Elas podem se espalhar muito rapidamente entre crianças que não foram vacinadas. Por exemplo, o número de casos de sarampo Sarampo O sarampo é uma infecção viral. Antigamente, ele ocorria com muita frequência em crianças nos Estados Unidos. O sarampo é atualmente raro nos Estados Unidos, uma vez que a prevenção contra essa... leia mais Sarampo vem aumentando nos Estados Unidos. Este aumento é provavelmente causado pelo fato de que um número menor de crianças está recebendo a vacina contra o sarampo. É por esse motivo que é importante que todas as crianças sejam vacinadas.

Quais doenças podem ser prevenidas pela vacinação?

Há vacinas disponíveis contra as infecções elencadas abaixo, que podem afetar crianças. Muitas delas são muito contagiosas, o que significa que elas podem se espalhar fácil e rapidamente a outras pessoas. Isso significa que, quando a criança é vacinada, ela está ajudando a proteger outras pessoas também.

  • Catapora

  • Difteria

  • Haemophilus influenzae tipo b (que pode causar meningite e pneumonia)

  • Hepatite A

  • Hepatite B

  • Vírus do papiloma humano (que pode causar câncer do colo do útero em meninas e verrugas genitais em meninas e meninos)

  • Influenza (a “gripe”)

  • Sarampo

  • Infecção meningocócica (que pode causar meningite)

  • Caxumba

  • Coqueluche (tosse comprida)

  • Infecções pneumocócicas (que podem causar infecção do ouvido, dos seios nasais, pneumonia e meningite)

  • Poliomielite

  • Rotavírus

  • Rubéola (sarampo alemão)

  • Tétano

As vacinas são seguras?

Sim, as vacinas são consideradas muito seguras. Algumas crianças apresentam efeitos colaterais, mas eles raramente são graves. Além disso, as doenças que as vacinas previnem são mais perigosas para a criança que os efeitos colaterais das vacinas.

  • Antes de uma vacina poder ser usada, ela é testada quanto à segurança

  • Os efeitos colaterais costumam ser leves, como dor no local em que foi aplicada a injeção, erupção cutânea ou febre baixa

  • Em ocasiões muito raras, os efeitos colaterais da vacina são mais graves, como quando causam uma febre tão elevada a ponto de provocar uma convulsão

  • Se a criança apresentar muitos problemas depois de ter recebido a vacina, o médico deve ser alertado imediatamente

A vacinação causa autismo na criança?

Não, não existe um vínculo conhecido entre a vacinação e o autismo.

  • Médicos de todo o mundo realizaram muitos estudos para procurar uma ligação entre as vacinas e o autismo, mas nenhuma foi encontrada

  • As crianças que foram vacinadas não estão mais propensas a ter autismo que as que não foram vacinadas

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

OUTROS TÓPICOS NESTE CAPÍTULO

Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Infecções do útero pós-parto
As infecções maternas que surgem após o parto do bebê, geralmente, começam no útero. Qual dos seguintes tipos de parto aumenta a probabilidade de desenvolver uma infecção uterina?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS