Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Sangramento uterino anômalo

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa dez 2019| Última modificação do conteúdo dez 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é o sangramento uterino anômalo?

O útero normalmente sangra durante a menstruação. Sangramento uterino anômalo é quando ocorre um sangramento que é diferente da menstruação normal.

O que causa o sangramento uterino anômalo?

O sangramento uterino anômalo com frequência é causado por problemas nos níveis dos hormônios femininos. Isso pode acontecer:

Distúrbios da tireoide Distúrbios da tireoide e distúrbios da hipófise Distúrbios da hipófise também podem afetar os hormônios femininos e causar sangramento.

Às vezes, o sangramento anômalo é causado pela presença de nódulos no útero ou ao redor dele, como:

Quais são os sintomas do sangramento uterino anômalo?

O termo sangramento uterino anômalo pode ter os seguintes significados:

Como o médico sabe que a mulher tem sangramento uterino anômalo?

O médico costuma fazer exames para procurar por distúrbios que podem estar causando o sangramento, incluindo:

  • Exames de sangue, incluindo hemograma completo e determinados níveis hormonais

  • Exame de gravidez

  • Uma ultrassonografia transvaginal (quando o médico coloca um aparelho de ultrassonografia na vagina para examinar o útero, os ovários, o colo do útero e a vagina)

Caso a mulher tenha fatores de risco para câncer ou se determinadas alterações aparecerem na ultrassonografia, é possível que o médico também faça uma:

  • Histeroscopia (um procedimento em que o interior do útero é examinado com um aparelho de visualização)

  • Biópsia: coletar uma amostra de tecido do revestimento do útero e examiná-la sob o microscópio

De que maneira o médico trata o sangramento uterino anômalo?

Em primeiro lugar, o médico geralmente:

  • Receita medicamentos para controlar o sangramento, como pílulas anticoncepcionais ou vários outros tipos de hormônios femininos ou, às vezes, AINEs ou ácido tranexâmico

Se a medicação não conseguir parar o sangramento uterino anômalo, é possível que o médico faça um procedimento como:

  • Raspar o revestimento do útero para remover tecido: esse procedimento é denominado D e C (dilatação e curetagem)

  • Remover o revestimento do útero por meio de congelamento ou cauterização; esse procedimento é denominado ablação endometrial

Caso os tratamentos acima não consigam parar o sangramento ou se os exames demonstrarem a presença de câncer, é possível que o médico faça uma cirurgia para remover o útero. Essa cirurgia é chamada histerectomia.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS