Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Pancreatite aguda

Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que é pancreatite aguda?

Pancreatite significa inflamação (inchaço) do pâncreas. O pâncreas é um órgão na parte superior do abdômen que fabrica sucos que ajudam a digerir os alimentos. O pâncreas também produz insulina, que ajuda a controlar a glicose no sangue.

O pâncreas

Localizando o pâncreas

O que causa a pancreatite aguda?

As principais causas da pancreatite aguda são:

Os cálculos biliares podem sair da vesícula biliar e ficar presos na região em que ocorre a união entre os tubos de drenagem da vesícula biliar e do pâncreas. Esses cálculos impedem a saída dos sucos digestivos do pâncreas.

Consumir álcool em excesso por muitos anos causa danos ao pâncreas. Quanto mais a pessoa beber e quanto mais tempo ela beber, maior a probabilidade de ela ter pancreatite.

Há várias outras causas menos comuns de pancreatite aguda, incluindo:

Quais são os sintomas da pancreatite aguda?

O principal sintoma é:

  • Dor intensa na parte superior do abdômen que às vezes também é sentida no meio das costas

A pessoa pode vir também a ter sintomas como, por exemplo:

  • Enjoo e vômitos

  • Sudorese

  • Batimentos cardíacos acelerados

Se a pancreatite for muito grave, é possível que a pessoa venha a ter problemas sérios como, por exemplo:

Como o médico sabe que a pessoa tem pancreatite aguda?

O médico faz exames, incluindo:

Se o médico suspeitar da presença de cálculos biliares, é possível que a pessoa também tenha que fazer outros exames como, por exemplo:

De que maneira o médico trata a pancreatite aguda?

O médico trata a pancreatite leve por meio de:

  • Uma internação hospitalar curta

  • Analgésicos

  • Jejum (não comer nada) por dois a três dias para que o pâncreas possa descansar

  • Hidratação pela veia

O médico trata a pancreatite mais grave por meio de:

  • Uma internação hospitalar

  • Jejum por alguns dias até várias semanas (a alimentação é fornecida por via intravenosa ou por meio de um tubo)

  • Administração de medicamentos na veia para aliviar a dor e o mal-estar

  • Hidratação pela veia

  • Às vezes, a inserção de um tubo até o estômago através do nariz para remover líquidos e ar

  • Medicamentos para reduzir a acidez estomacal

  • Oxigênio ou ventilação se o estado de saúde da pessoa for muito grave

  • Antibióticos para eventuais infecções

  • Cirurgia para remover uma parte do pâncreas doente ou outros procedimentos que venham a ser necessários como, por exemplo, abrir o duto pancreático ou remover um cálculo biliar

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
OUTROS TÓPICOS NESTE CAPÍTULO
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Transtorno obsessivo-compulsivo
O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é caracterizado por obsessões ou compulsões. As obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens problemáticos que ocupam a mente excessivamente. As compulsões (rituais) são atos reais ou mentais que as pessoas se sentem compelidas a realizar repetidamente para diminuir a sua ansiedade. Qual das opções seguintes é a faixa etária durante a qual o TOC normalmente aparece pela primeira vez?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS