Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Gastrite

Por

Nimish Vakil

, MD, University of Wisconsin School of Medicine and Public Health

Última revisão/alteração completa mar 2020| Última modificação do conteúdo mar 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

A gastrite consiste na inflamação do revestimento gástrico.

  • A inflamação pode ser causada por vários fatores, como infecções, o estresse decorrente de doença grave, lesões, alguns medicamentos e distúrbios do sistema imunológico.

  • Quando os sintomas de gastrite ocorrem, eles incluem dor ou desconforto abdominal e, ocasionalmente, náusea ou vômito.

  • Frequentemente, os médicos fundamentam o diagnóstico com base nos sintomas da pessoa, mas ocasionalmente é necessário examinar o estômago utilizando um tubo flexível para visualização (endoscopia digestiva alta).

  • O tratamento inclui medicamentos que reduzem o ácido gástrico e, às vezes, antibióticos

O revestimento gástrico é resistente à irritação e geralmente pode suportar ácidos muito fortes. No entanto, na gastrite, o revestimento gástrico sofre irritação e inflamação.

A gastrite é dividida em duas categorias, dependendo de sua gravidade:

  • Erosiva

  • Não erosiva

A gastrite erosiva é mais grave do que a gastrite não erosiva. Esta forma de gastrite consiste na inflamação e corrosão do revestimento gástrico. Normalmente, a gastrite erosiva se desenvolve subitamente (chamada gastrite erosiva aguda), mas também se pode desenvolver lentamente (chamada gastrite erosiva crônica), normalmente em pessoas que, com exceção da gastrite, são saudáveis.

A gastrite não erosiva é caracterizada por alterações no revestimento gástrico que variam de desgaste (atrofia) do revestimento gástrico até a transformação do tecido gástrico em outro tipo de tecido intestinal (metaplasia). Frequentemente, diversos tipos de glóbulos brancos se acumulam no estômago e causam diversos graus de inflamação. Os glóbulos brancos podem causar inflamação em todo o estômago ou apenas em algumas partes.

Causas da gastrite

Os tipos específicos de gastrite podem ser causados por vários fatores, como infecções, o estresse decorrente de doença grave, lesões, alguns medicamentos e distúrbios do sistema imunológico.

A gastrite infecciosa não causada por Helicobacter pylori é rara.

A gastrite aguda por estresse, uma forma de gastrite erosiva, é causada por doença ou lesão súbita. Mesmo lesões fora do estômago provocam gastrite. Por exemplo, queimaduras extensas na pele, lesões cranianas e lesões que provocam hemorragias importantes são causas frequentes. Não se conhece bem a razão pela qual uma doença grave pode causar gastrite, mas acredita-se que isso possa estar relacionado à redução do fluxo sanguíneo que irriga o estômago, com um aumento da quantidade de ácido no estômago e/ou com a deterioração da capacidade de proteção e renovação do revestimento gástrico.

A gastrite por radiação pode ocorrer se for administrada radioterapia Radioterapia para câncer A radiação é uma forma de energia intensa gerada por uma substância radioativa, como o cobalto, ou por equipamento especializado, como um acelerador de partículas atômicas (linear). A radiação... leia mais à região inferior esquerda do tórax ou à região superior do abdômen, onde ela pode causar irritação ao revestimento do estômago.

A gastrite pós-gastrectomia manifesta-se em pessoas submetidas à cirurgia de extração de parte do estômago (procedimento chamado gastrectomia parcial). A inflamação geralmente ocorre no local onde o tecido foi suturado. Supõe-se que a gastrite pós-gastrectomia resulte da deterioração do fluxo sanguíneo que irriga o revestimento gástrico ou da exposição do estômago a uma grande quantidade de bile (líquido digestivo amarelo-esverdeado produzido pelo fígado) decorrentes da cirurgia.

A gastrite atrófica faz com que o revestimento gástrico se torne muito fino (atrófico) e perca parcial ou totalmente suas células produtoras de ácido e enzimas. Esse quadro clínico pode ocorrer quando anticorpos Anticorpos Uma das linhas de defesa do corpo (sistema imunológico) envolve glóbulos brancos (leucócitos) que se deslocam através da corrente sanguínea e penetram nos tecidos para detectar e atacar micro-organismos... leia mais Anticorpos atacam o revestimento gástrico (chamado gastrite atrófica metaplásica autoimune). A gastrite atrófica também pode ocorrer em pessoas com infecção crônica causada pela bactéria H. pylori. Esse distúrbio também tende a ocorrer em pessoas submetidas a uma gastrectomia parcial.

A gastrite eosinofílica pode se originar de uma reação alérgica provocada por uma infestação por nematelmintos (lombrigas), mas normalmente a causa é desconhecida. Nesse tipo de gastrite, ocorre acúmulo de eosinófilos (um tipo de leucócito) na parede gástrica.

A doença de Ménétrier, um raro distúrbio cuja causa é desconhecida, consiste em um tipo de gastrite caracterizada pelo desenvolvimento de pregas grandes e espessas e cistos com conteúdo líquido na parede do estômago. Essa doença pode ser decorrente de uma resposta imunológica anormal, embora também tenha sido associada à infecção por Helicobacter pylori Infecção por Helicobacter pylori A infecção por Helicobacter pylori (H. pylori) é uma infecção bacteriana que causa inflamação do estômago (gastrite), úlcera péptica e determinados tipos de câncer de estômago. A infecção é... leia mais .

Sintomas de gastrite

A gastrite geralmente é assintomática. Quando há sintomas, estes variam dependendo da causa e podem incluir dores ou desconforto, náusea ou vômito e problemas geralmente descritos como indigestão (dispepsia).

Náusea e vômito intermitentes podem resultar de formas mais graves de gastrite, como gastrite erosiva e gastrite por radiação.

Pode ocorrer indigestão Indigestão A indigestão é uma dor ou desconforto no abdômen superior. As pessoas também podem descrever a sensação como flatulência, sensação de plenitude, ardência ou queimação. A sensação de plenitude... leia mais , especialmente na gastrite erosiva, gastrite por radiação, gastrite pós-gastrectomia e gastrite atrófica. Também ocorre dispepsia muito leve em casos de gastrite aguda por estresse.

Complicações da gastrite

As complicações da gastrite incluem

  • Hemorragia

  • Úlceras

  • O estreitamento da passagem de saída do estômago

A gastrite aguda por estresse pode evoluir para hemorragias poucos dias após uma doença ou lesão, enquanto no caso da gastrite erosiva ou da gastrite por radiação, a hemorragia tende a progredir de forma mais lenta. Se a hemorragia for leve e lenta, as pessoas podem não apresentar sintomas ou podem observar apenas fezes enegrecidas (melena), causadas pela coloração negra do sangue digerido. Se a hemorragia for mais rápida, as pessoas podem vomitar sangue ou evacuar sangue junto com suas fezes. A hemorragia persistente pode causar sintomas de anemia Considerações gerais sobre a anemia Anemia é um quadro clínico em que o número de glóbulos vermelhos é baixo. Os glóbulos vermelhos contêm hemoglobina, uma proteína que lhes permite transportar oxigênio dos pulmões para todas... leia mais , incluindo fadiga, fraqueza e vertigem.

A gastrite pode provocar o aparecimento de úlceras estomacais Úlcera péptica A úlcera péptica é uma úlcera de forma redonda ou oval na qual o revestimento do estômago ou duodeno foi corroído pelo ácido gástrico e sucos digestivos. Úlceras pépticas podem resultar de infecções... leia mais Úlcera péptica (úlceras gástricas), o que pode agravar os sintomas. Quando uma úlcera rompe (perfura) a parede gástrica, o conteúdo gástrico pode espalhar-se pela cavidade abdominal, resultando em inflamação e, geralmente, infecção do revestimento da cavidade abdominal (peritonite) e provocando agravamento súbito da dor.

Algumas das complicações decorrentes da gastrite desenvolvem-se lentamente. A formação de tecido cicatricial e a estenose da saída gástrica, um dos possíveis efeitos da gastrite, sobretudo na gastrite por radiação e na gastrite eosinofílica, podem causar náuseas intensas e vômitos frequentes.

No caso da doença de Ménétrier, verifica-se a retenção de líquidos e inchaço dos tecidos (edema) decorrentes da perda de proteínas provocada pela inflamação do revestimento gástrico.

A gastrite pós-gastrectomia e a gastrite atrófica podem provocar sintomas de anemia, como fadiga e fraqueza, devido à diminuição da produção de fator intrínseco (uma proteína que se liga à vitamina B12 e permite que a vitamina B12 seja absorvida e utilizada na produção de glóbulos vermelhos).

Em uma pequena porcentagem de pessoas com gastrite atrófica, o tecido gástrico se transforma em outro tipo de tecido do trato digestivo (metaplasia). Em uma porcentagem ainda menor de pessoas, a metaplasia conduz ao desenvolvimento de câncer de estômago.

Diagnóstico da gastrite

  • Endoscopia digestiva alta

O médico suspeita de gastrite quando a pessoa manifesta dor ou desconforto na região superior do abdômen ou náusea. Geralmente, não é necessário realizar exames. No entanto, o médico pode realizar uma endoscopia digestiva alta Endoscopia leia mais se ele não tiver certeza do diagnóstico ou se os sintomas não desaparecerem com tratamento.

Durante a endoscopia digestiva alta, um médico utiliza um endoscópio (um tubo flexível para visualização) para examinar o estômago e uma parte do intestino delgado. Se necessário, o médico pode realizar uma biópsia (extração de uma amostra de tecido para exame ao microscópio) do revestimento gástrico.

Tratamento da gastrite

  • Medicamentos que reduzem a produção de ácido e antiácidos

  • Às vezes, antibióticos que tratam a infecção por H. pylori

  • Tratamento para interromper a hemorragia

Independentemente da causa de gastrite, é possível aliviar os sintomas ao tomar medicamentos que neutralizam ou reduzem a produção do ácido gástrico e ao interromper o uso de medicamentos que causam sintomas (consulte também Tratamento medicamentoso para ácido gástrico Tratamento medicamentoso para acidez gástrica O ácido gástrico está envolvido em diversos distúrbios do estômago, incluindo úlcera péptica, gastrite e doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). Embora a quantidade de ácido no estômago seja... leia mais ).

Medicamentos para gastrite

No caso de sintomas leves, tomar antiácidos Antiácidos O ácido gástrico está envolvido em diversos distúrbios do estômago, incluindo úlcera péptica, gastrite e doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). Embora a quantidade de ácido no estômago seja... leia mais para neutralizar o ácido já produzido e liberado no estômago frequentemente é suficiente. Quase todos os antiácidos podem ser adquiridos sem receita médica e encontram-se disponíveis na forma líquida ou em comprimidos. Os antiácidos incluem hidróxido de alumínio (que pode causar constipação), hidróxido de magnésio (que pode causar diarreia) e carbonato de cálcio. Uma vez que os antiácidos podem interferir com a absorção de diversos medicamentos diferentes, as pessoas que utilizam outros medicamentos devem consultar um farmacêutico antes de utilizar antiácidos.

Medicamentos inibidores da produção de ácido incluem

Bloqueadores dos receptores H2 costumam aliviar os sintomas com maior eficácia do que antiácidos e muitas pessoas os consideram mais convenientes. Os médicos costumam receitar inibidores da bomba de prótons para tratar gastrite associada com sangramento. Geralmente, é necessário tomar esses medicamentos antiácidos por oito a doze semanas.

Gastrite erosiva

As pessoas com gastrite erosiva devem evitar tomar medicamentos que irritam o revestimento gástrico (como AINEs Medicamentos anti-inflamatórios não esteroides Em alguns casos, o tratamento da doença de base elimina ou minimiza a dor. Por exemplo, a imobilização de uma fratura ou o tratamento antibiótico para uma articulação infectada reduzem a dor... leia mais ). Alguns médicos receitam inibidores da bomba de prótons ou bloqueadores de H2 para ajudar a proteger o revestimento gástrico.

Gastrite aguda por estresse

A maioria das pessoas com gastrite aguda por estresse se recupera totalmente após o controle da doença, lesão ou hemorragia de base. No entanto, 2% das pessoas em unidades de terapia intensiva apresentam hemorragias intensas decorrentes da gastrite aguda por estresse, que pode ser fatal. Por essa razão, os médicos tentam prevenir a ocorrência de gastrite aguda por estresse após a ocorrência de doenças, lesões ou queimaduras graves. Medicamentos que reduzem a produção de ácidos costumam ser administrados após uma cirurgia em pessoas internadas em unidades de terapia intensiva para prevenir a ocorrência de gastrite aguda por estresse. Esses medicamentos também são usados no tratamento de quaisquer úlceras que se formem.

Para as pessoas com hemorragia intensa decorrente de gastrite aguda por estresse, tem sido utilizada uma grande variedade de tratamentos. Poucos desses tratamentos, no entanto, melhoram o resultado. Pontos de sangramento podem ser selados temporariamente com a aplicação de calor (cauterização) durante uma endoscopia, mas o sangramento, muitas vezes, retorna se a doença de base persistir. Se a hemorragia persistir, pode ser necessária uma remoção total do estômago para evitar a morte, mas isso ocorre raramente.

Outros tipos de gastrite

A gastrite pós-gastrectomia e a gastrite atrófica são incuráveis. Pessoas com anemia provocada por redução da absorção de vitamina B12 em função da gastrite atrófica devem receber injeções complementares dessa vitamina pelo resto da vida.

Corticosteroides ou cirurgia podem ser necessários para aliviar obstruções na saída gástrica causadas pela gastrite eosinofílica.

A gastrectomia parcial ou total pode curar a doença de Ménétrier. Não há tratamentos medicamentosos eficazes.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Colite induzida por Clostridium difficile
A colite induzida por Clostridium difficile é uma inflamação do intestino grosso que resulta em diarreia. A inflamação é causada pela infecção por certas bactérias. Qual das seguintes é a causa usual do crescimento dessas bactérias no intestino?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS