Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Albinismo

Por

Shinjita Das

, MD, Harvard Medical School

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O

albinismo é um distúrbio hereditário raro em que pouco ou nenhum pigmento cutâneo melanina é formado. A pele, o cabelo e os olhos, ou às vezes apenas os olhos, são afetados.

  • Normalmente, os cabelos e a pele são brancos e os olhos podem ter coloração rosa ou cinza-azulada pálida.

  • Os médicos geralmente diagnosticam albinismo pelo exame da pele e dos olhos.

  • Não existe tratamento, mas as pessoas com albinismo devem proteger-se da luz do sol para prevenir queimaduras solares e reduzir o risco de câncer de pele.

O albinismo é um distúrbio de pigmentação cutânea que ocorre em pessoas de todas as etnias e no mundo todo. É causado por vários distúrbios genéticos raros que, além de causar hipopigmentação (uma quantidade anormalmente baixa de melanina) ou despigmentação (perda completa de pigmentos) da pele, também afetam os olhos causando diminuição da visão, mau alinhamento dos olhos (estrabismo) e movimentos oculares involuntários (nistagmo).

Um tipo de albinismo, chamado de albinismo ocular, afeta os olhos, mas geralmente não a pele e o cabelo. Outro tipo de albinismo ocorre com distúrbios hemorrágicos.

Sintomas

O albinismo é facilmente reconhecido por seu aspecto típico, incluindo cabelos brancos, pele pálida ou branca e olhos de coloração rosada ou cinza-azulada pálida. Os olhos das pessoas são muito sensíveis à luz e muitas vezes elas tentam evitar luz brilhante.

Pessoas que têm tipos menos típicos de albinismo podem ter alguma coloração na pele, seus cabelos podem ter uma tonalidade avermelhada e/ou seus olhos podem ser azuis ou castanhos.

Visto que a melanina protege a pele da ação do sol, os albinos são muito propensos a queimaduras solares e ao câncer da pele (principalmente carcinoma de células escamosas). Até mesmo poucos minutos de raios solares fortes podem causar uma queimadura séria.

Diagnóstico

  • Exame médico

Os médicos baseiam o diagnóstico de albinismo em um exame da pele e dos olhos.

Tratamento

  • Proteção solar

  • Para estrabismo, cirurgia

Não há tratamento para reverter o albinismo. Pessoas com este distúrbio precisam adotar medidas para prevenir queimaduras solares e diminuir o risco de câncer de pele, inclusive as seguintes:

  • ficar fora da incidência direta da luz solar

  • usar óculos de sol com proteção ultravioleta (UV)

  • usar roupas com proteção solar com um fator de proteção ultravioleta (FPU) classificado

  • aplicar protetor solar contra luz UVA e UVB com fator de proteção solar (FPS) 50 ou superior

Você sabia que...

  • O albinismo ocorre em pessoas de todas as raças.

O grau de proteção contra luz UV das roupas varia, mesmo quando cobrem o corpo. Em geral, quanto mais pesado for o tecido, mais proteção oferece. As roupas também podem ser tratadas com uma substância que aumenta temporariamente o FPU. Roupas com fator de proteção ultravioleta (FPU) se tornam mais confortáveis e fáceis de encontrar na maioria das lojas de artigos esportivos.

Os médicos podem corrigir o estrabismo com um procedimento cirúrgico.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Piolhos púbicos
Vídeo
Piolhos púbicos
As áreas genitais de homens e mulheres maduros muitas vezes estão cobertos por tufos de pelos...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Eritema linear
Modelo 3D
Eritema linear

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS