Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Introdução aos sintomas de doenças do cérebro, da medula espinhal e dos nervos

Por

Michael C. Levin

, MD, College of Medicine, University of Saskatchewan

Última revisão/alteração completa fev 2019| Última modificação do conteúdo fev 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Doenças que afetam o cérebro, a medula espinhal e os nervos são chamadas doenças neurológicas.

Os sintomas neurológicos são causados por um transtorno que afeta parte de ou todo o sistema nervoso. Eles podem variar porque o sistema nervoso controla diversas funções orgânicas diferentes. Os sintomas podem incluir todas as formas de dor, incluindo cefaleia Considerações gerais sobre a cefaleia Uma cefaleia é a dor em qualquer parte da cabeça, incluindo o couro cabeludo, pescoço superior, face e o interior da cabeça. Cefaleias são um dos motivos mais comuns que fazem as pessoas visitar... leia mais e dor nas costas Dor lombar Dor lombar e dor no pescoço estão entre os motivos mais frequentes para consultas médicas. A dor geralmente resulta de problemas no sistema musculoesquelético, especialmente na coluna vertebral... leia mais Dor lombar . Os músculos, a sensibilidade da pele, os sentidos (visão, paladar, olfato e audição) e outros sentidos dependem dos nervos para funcionarem normalmente. Assim, os sintomas neurológicos podem incluir fraqueza muscular ou falta de coordenação, sensibilidade anormal na pele e perturbações da visão, paladar, olfato e audição.

Transtornos neurológicos podem interferir no sono, tornando um indivíduo ansioso ou animado na hora de dormir e, com isso, cansado e sonolento durante o dia.

Os sintomas neurológicos podem ser irrelevantes (como o pé dormente) ou representar risco à vida (como coma devido a um acidente vascular cerebral).

O que é um sintoma neurológico?

Os sintomas neurológicos são causados por um transtorno que afeta parte de ou todo o sistema nervoso. Eles podem variar porque o sistema nervoso controla diversas funções orgânicas diferentes. Os sintomas podem incluir todas as formas de dor e podem envolver funções musculares, sensações, sentidos específicos (visão, palato, odor e audição), sono, percepção (consciência) e função mental (cognição).

A seguir, alguns sintomas neurológicos relativamente comuns:

Dor

Disfunção muscular

Alterações na sensibilidade

Alterações de sentidos específicos

Outros sintomas

Problemas de sono

Alterações no estado de consciência

Alterações na cognição (capacidades mentais)

As características e o padrão dos sintomas permitem ao médico diagnosticar o transtorno neurológico. Médicos também realizam um exame neurológico Exame neurológico Quando houver a suspeita de um transtorno neurológico, o médico avalia por exame físico todos os sistemas do organismo, concentrando-se no sistema nervoso. A avaliação do sistema nervoso — o... leia mais , que pode detectar problemas no cérebro, medula espinhal e nervos em outras partes do corpo (nervos periféricos).

Alguns nervos periféricos (nervos sensoriais) transportam informações sensoriais (sobre coisas como dor, temperatura, vibração, odores e sons) até a medula espinhal e, então, ao cérebro. Outros (nervos motores) enviam impulsos que controlam o movimento muscular do cérebro através da medula espinhal para os músculos. Outros ainda (chamados nervos autônomos Considerações gerais sobre o sistema nervoso autônomo Este sistema regula certos processos do corpo, como pressão arterial e a frequência respiratória. Funciona automaticamente (de forma autônoma), sem esforço consciente da pessoa. As doenças do... leia mais Considerações gerais sobre o sistema nervoso autônomo ) enviam informações sobre o corpo e o ambiente externo para os órgãos internos, tais como vasos sanguíneos, estômago, intestino, fígado, rins e bexiga. Em resposta a esta informação, os nervos autônomos estimulam ou inibem os órgãos que abastecem. Esses nervos funcionam automaticamente (de forma autônoma), sem esforço consciente da pessoa.

Se os nervos motores forem lesionados, os músculos podem ficar fracos ou paralisados. Se os nervos sensitivos forem danificados, sensações anormais podem ser sentidas, ou as sensações, a visão ou outro sentido pode ser comprometido ou perdido. Se os nervos autônomos forem danificados, o órgão que eles regulam pode apresentar mau funcionamento. Por exemplo, a pressão arterial pode não aumentar como normalmente acontece quando uma pessoa fica em pé, e a pessoa pode sentir tontura Tontura ou sensação de desmaio iminente ao se levantar Em algumas pessoas, particularmente em idosos, a pressão arterial cai excessivamente quando elas se sentam ou se levantam (uma doença denominada hipotensão ortostática ou postural). Sintomas... leia mais .

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Visão geral da dor
Qual das opções a seguir é uma afirmação correta sobre o a dor em pessoas mais idosas?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS