Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Tumores ósseos cancerosos primários

Por

Michael J. Joyce

, MD, Cleveland Clinic Lerner School of Medicine at Case Western Reserve University;


Hakan Ilaslan

, MD, Cleveland Clinic Lerner College of Medicine at Case Western Reserve University

Última revisão/alteração completa jun 2020| Última modificação do conteúdo jun 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Os tumores que originalmente se formam no osso denominam-se tumores ósseos primários. Os tumores ósseos primários podem ser cancerosos (malignos) ou não cancerosos (benignos).

Adamantinomas

Adamantinomas são tumores raros que se desenvolvem mais frequentemente no osso da canela (tíbia). Os tumores costumam ocorrer em adolescentes e pessoas com vinte e poucos anos, mas podem ocorrer em qualquer idade. Eles costumam causar dor e, muitas vezes, as pessoas podem sentir o tumor sob a pele quando elas passam seus dedos sobre ele.

Esses tumores crescem lentamente e são cânceres de baixo grau, o que significa ser menos provável que se espalhem (gerem metástases) em comparação a alguns outros tumores. No entanto, embora raros, as metástases ocorrem (principalmente para os pulmões).

Para tratar adamantinomas, os médicos realizam sua remoção cirúrgica sem cortar o tumor, que arriscaria derramar células tumorais. Se houver o derramamento de células, o câncer poderá retornar. Em raras ocasiões, a remoção cirúrgica da perna afetada (amputação) pode ser necessária dependendo da localização do tumor ou se o tumor retornou.

Condrossarcomas

Os condrossarcomas são tumores compostos por células cartilaginosas cancerosas. Esses tumores tendem a ocorrer em adultos mais velhos. Estes tumores frequentemente se desenvolvem em ossos, como a pelve ou a omoplata (escápula), mas podem se desenvolver em qualquer parte de qualquer osso e também podem se desenvolver nos tecidos que circundam os ossos. Muitos condrossarcomas são tumores de crescimento lento ou de baixo grau, o que significa que eles são menos propensos a se espalhar (gerar metástases) do que alguns outros tumores. No entanto, alguns condrossarcomas são tumores de rápido crescimento ou alto grau que tendem a gerar metástases.

Os condrossarcomas de baixo grau são muitas vezes retirados do osso por meio de raspagem com um instrumento em forma de colher (curetagem) e usando-se nitrogênio líquido, cimento ósseo (metil metacrilato) ou um feixe de argônio para matar as células tumorais superficiais incorporadas ao osso. Praticamente todos os tumores de baixo grau são curados com estes tratamentos cirúrgicos.

Condrossarcomas de alto grau ou de crescimento rápido são tumores agressivos e é mais provável que gerem metástases em comparação a outros tumores. Eles precisam ser completamente removidos cirurgicamente sem cortar o tumor, que arrisca derramar células tumorais. Se houver o derramamento de células, o câncer poderá retornar.

Condrossarcomas de qualquer grau não respondem à quimioterapia ou radioterapia. A remoção cirúrgica do braço ou da perna afetada (amputação) raramente é necessária.

Cordomas

Cordomas são raros, cancerosos e tendem a ocorrer nas extremidades da coluna vertebral, geralmente no centro da base da coluna (sacro), cóccix ou perto da base do crânio. O cordoma que afeta o sacro ou o cóccix causa dor quase constante. O cordoma na base do crânio pode causar problemas nos nervos da base do crânio (os nervos cranianos Considerações gerais sobre nervos cranianos Os doze pares de nervos - nervos cranianos - dirigem-se diretamente do cérebro para várias partes da cabeça e para o pescoço. Alguns nervos cranianos estão envolvidos nos sentidos especiais... leia mais ). Pode haver sintomas durante meses, ou mesmo vários anos, antes do diagnóstico. Os cordomas não costumam se espalhar (gerar metástases) para outras áreas, como o pulmão, a não ser que eles sejam mais agressivos, mas podem voltar a ocorrer após o tratamento.

Os cordomas que afetam o sacro ou o cóccix podem ser curados por remoção cirúrgica. Cordomas na base do crânio normalmente não podem ser curados cirurgicamente, mas a radioterapia Radioterapia para câncer A radiação é uma forma de energia intensa gerada por uma substância radioativa, como o cobalto, ou por equipamento especializado, como um acelerador de partículas atômicas (linear). A radiação... leia mais pode encolher o tumor temporariamente e ajudar a aliviar a dor.

Sarcoma de Ewing ósseo

O sarcoma de Ewing é um tumor canceroso que afeta homens com maior frequência do que mulheres e aparece mais frequentemente em pessoas com idade entre 10 e 25 anos. A maioria desses tumores se desenvolve nos braços ou nas pernas, mas podem se desenvolver em qualquer osso. Dor e inchaço são os sintomas mais comuns. Os tumores podem ficar bastante grandes e, às vezes, afetar todo o comprimento de um osso. O tumor pode incluir uma grande massa de tecido mole.

Fibrossarcomas e sarcomas pleomórficos indiferenciados do osso

Os fibrossarcomas e os sarcomas pleomórficos indiferenciados do osso (anteriormente conhecidos como histiocitomas fibrosos malignos do osso) afetam pessoas na mesma faixa etária e são semelhantes ao osteossarcoma Osteossarcomas (sarcoma osteogênico) Os tumores que originalmente se formam no osso denominam-se tumores ósseos primários. Os tumores ósseos primários podem ser cancerosos (malignos) ou não cancerosos (benignos). (Consulte também... leia mais Osteossarcomas (sarcoma osteogênico) em aparência, localização e sintomas. Esses tumores cancerosos têm células que produzem tecido fibroso (conjuntivo) canceroso e não tecido ósseo canceroso.

O tratamento e as taxas de sobrevida são semelhantes às observadas para o osteossarcoma.

Linfoma ósseo

O linfoma ósseo (anteriormente denominado sarcoma de células reticulares) é um tumor canceroso que geralmente afeta pessoas na faixa dos 40 a 50 anos. Ele pode ter origem em qualquer osso ou em outro local do corpo e, em seguida, se espalhar difusamente para a medula óssea. Normalmente, esse tumor causa dor, inchaço e acúmulo de tecido mole. O osso danificado tende a quebrar (fraturar).

Tumores malignos de células gigantes

Mieloma múltiplo

O mieloma múltiplo (consulte também Distúrbios dos plasmócitos: Mieloma múltiplo Mieloma múltiplo O mieloma múltiplo é um câncer de plasmócitos no qual plasmócitos anormais se multiplicam sem controle na medula óssea e, ocasionalmente, em outras partes do corpo. As pessoas com frequência... leia mais Mieloma múltiplo ) é o tumor ósseo canceroso (maligno) primário mais comum e ocorre principalmente em adultos mais velhos. No entanto, trata-se de um câncer que envolve a medula óssea (o tecido responsável pela formação do sangue no interior da cavidade óssea) em vez do tecido duro que forma o osso. Portanto, ele é geralmente considerado um câncer da medula óssea do que do próprio osso. Ele é mais comum do que cânceres do tecido duro que compõe o osso.

As células cancerosas da medula secretam substâncias que causam perda óssea. A perda óssea pode ser disseminada ou, mais frequentemente, aparece como lesões líticas nos ossos.

O mieloma múltiplo pode afetar um ou mais ossos, por isso, pode ocorrer dor em um único local ou em vários. Se apenas um osso estiver afetado por um tumor único, o quadro clínico é chamado plasmocitoma. Se houver mais do que um tumor ou se a medula óssea estiver muito afetada, o quadro clínico é chamado mieloma múltiplo.

Às vezes, a biópsia óssea Diagnóstico Os tumores ósseos são crescimentos de células anormais nos ossos. Os tumores ósseos podem ser cancerosos (malignos) ou não cancerosos (benignos). Os tumores cancerosos podem começar no osso... leia mais é feita para o diagnóstico em áreas onde o osso foi destruído. Se mieloma múltiplo for sugerido pelos resultados da biópsia óssea ou se houver suspeita de mieloma múltiplo por outras razões, o diagnóstico é confirmado pela coleta e exame das células da medula óssea. Exames de sangue também são feitos. Além disso, os médicos solicitam radiografias Radiografias Muitas vezes, o médico pode diagnosticar uma doença musculoesquelética a partir do histórico e dos resultados de um exame físico. Exames laboratoriais, exames por imagem ou outros procedimentos... leia mais Radiografias de todo o corpo (análise do esqueleto). Ressonância magnética Tomografia computadorizada (TC) e ressonância magnética (RM) Muitas vezes, o médico pode diagnosticar uma doença musculoesquelética a partir do histórico e dos resultados de um exame físico. Exames laboratoriais, exames por imagem ou outros procedimentos... leia mais Tomografia computadorizada (TC) e ressonância magnética (RM) (RM) ou tomografia por emissão de pósitrons (PET) combinada à tomografia computadorizada (PET-TC Tomografia computadorizada por PET (PET-TC) A tomografia por emissão de pósitrons (Positron Emission Tomography, PET) é um tipo de cintilografia. Um radionuclídeo é uma forma radioativa de um elemento, o que significa que ele é um átomo... leia mais Tomografia computadorizada por PET (PET-TC) ) também podem ser realizadas para examinar locais específicos de dor óssea.

Osteossarcomas (sarcoma osteogênico)

Osteossarcoma é o segundo tipo mais comum de tumor ósseo primário canceroso. Embora sejam mais comuns em pessoas com idade entre 10 e 25 anos, os osteossarcomas podem ocorrer em qualquer idade. Às vezes, pessoas mais velhas que tiveram a doença de Paget do osso Doença de Paget do osso A doença de Paget do osso é um transtorno crônico do esqueleto, no qual áreas ósseas sofrem um turnover anormal, resultando em áreas de osso expandido e amolecido. A composição e a formação... leia mais Doença de Paget do osso , que se submeteram a radioterapia óssea ou que têm áreas de tecido ósseo morto (chamados infartos ósseos) e outros quadros clínicos desenvolvem esse tipo de tumor. Geralmente, osteossarcomas se desenvolvem no joelho ou ao redor dele, mas podem ter sua origem em qualquer osso. Eles tendem a se espalhar (gerar metástases) para os pulmões ou outros ossos. Geralmente, esses tumores causam dor e inchaço.

São feitas radiografias Radiografias Muitas vezes, o médico pode diagnosticar uma doença musculoesquelética a partir do histórico e dos resultados de um exame físico. Exames laboratoriais, exames por imagem ou outros procedimentos... leia mais Radiografias , mas a remoção de uma amostra de tecido para exame microscópico (biópsia Diagnóstico Os tumores ósseos são crescimentos de células anormais nos ossos. Os tumores ósseos podem ser cancerosos (malignos) ou não cancerosos (benignos). Os tumores cancerosos podem começar no osso... leia mais ) é necessária para o diagnóstico de osteossarcoma. As pessoas precisam de uma radiografia torácica Diagnóstico por imagem do tórax Exames de imagem do tórax incluem Raios-X Tomografia computadorizada (TC) Ressonância magnética (RM) Cintilografia nuclear leia mais e uma tomografia computadorizada Tomografia computadorizada (TC) Na tomografia computadorizada (TC), que antigamente era chamada de tomografia axial computadorizada (TAC), uma fonte de raios X e um detector de raios X giram em torno da pessoa. Nos aparelhos... leia mais Tomografia computadorizada (TC) (TC) do tórax para detectar metástases pulmonares e de uma cintilografia óssea Cintilografia óssea Muitas vezes, o médico pode diagnosticar uma doença musculoesquelética a partir do histórico e dos resultados de um exame físico. Exames laboratoriais, exames por imagem ou outros procedimentos... leia mais Cintilografia óssea para detectar câncer disseminado para outros ossos. A ressonância magnética Tomografia computadorizada (TC) e ressonância magnética (RM) Muitas vezes, o médico pode diagnosticar uma doença musculoesquelética a partir do histórico e dos resultados de um exame físico. Exames laboratoriais, exames por imagem ou outros procedimentos... leia mais Tomografia computadorizada (TC) e ressonância magnética (RM) (RM) e a tomografia por emissão de pósitrons (PET) combinada à tomografia computadorizada (PET-TC Tomografia computadorizada por PET (PET-TC) A tomografia por emissão de pósitrons (Positron Emission Tomography, PET) é um tipo de cintilografia. Um radionuclídeo é uma forma radioativa de um elemento, o que significa que ele é um átomo... leia mais Tomografia computadorizada por PET (PET-TC) ) são outros exames de imagem que também são realizados.

Mais de 65% das pessoas que têm esse tipo de tumor sobrevivem por, pelo menos, cinco anos após o diagnóstico quando é administrada quimioterapia Quimioterapia A quimioterapia envolve a utilização de fármacos para destruir células cancerosas. Embora um fármaco ideal destruísse as células cancerosas sem danificar as normais, a maioria dos fármacos não... leia mais e o câncer não metastatizou. Se a quimioterapia destruir quase todo o câncer, a possibilidade de sobrevivência por pelo menos cinco anos é maior do que 90%. Visto que os procedimentos cirúrgicos têm melhorado, a perna ou o braço afetado geralmente pode ser salvo e reconstruído. No passado, o membro afetado muitas vezes precisava ser amputado.

Os osteossarcomas geralmente são tratados com uma combinação de quimioterapia e cirurgia Cirurgia de câncer A cirurgia é uma forma tradicional de tratamento do câncer. É mais eficaz na eliminação da maioria dos tipos de câncer antes de ter se espalhado para os gânglios linfáticos ou locais distantes... leia mais . Geralmente, a quimioterapia é administrada primeiro. A dor geralmente desaparece durante essa fase do tratamento. Em seguida, o tumor é removido cirurgicamente sem que este seja cortado. Cortar o tumor derrama suas células, o que pode causar a recorrência do câncer na mesma área.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Testes para doenças musculoesqueléticas
Os níveis séricos de creatina quinase ficam elevados quando uma pessoa tem qual das opções a seguir?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS