Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Serenoa

Por

Laura Shane-McWhorter

, PharmD, University of Utah College of Pharmacy

Última modificação do conteúdo out 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

As frutas de saw palmetto (Serenoa repens, Serenoa serrulata) contêm os ingredientes ativos da planta. Acredita-se que os ingredientes ativos sejam ácidos graxos, que parecem inibir a 5-alfarredutase, impedindo a conversão de testosterona em di-hidrotestosterona. As frutas podem ser utilizadas para fazer chá ou podem ser extraídas em comprimidos, cápsulas ou preparação líquida. A maioria das formulações avaliadas em estudos clínicos é de extratos de hexano de frutas de saw palmetto, que têm 80 a 90% de ácidos graxos essenciais e fitoesteróis.

Alegações

Muitos homens relatam o uso da serenoa para tratar os sintomas (p. ex., micção frequente) da hiperplasia prostática benigna. Alega-se, ainda, que aumenta a produção de espermatozoides, o tamanho da mama e o vigor sexual. A dose é 320 mg, uma vez/dia, ou 160 mg bid.

Evidências

Não há nenhuma evidência científica sugerindo que a serenoa reverta a HPB. Um estudo multicêntrico, randomizado, duplo-cego, controlado por placebo com 369 homens descobriu que doses crescentes de um extrato da fruta da serenoa não reduz os sintomas do trato urinário inferior mais do que o placebo (1). Além disso, uma revisão Cochrane com 32 estudos randomizados e controlados de 2012 determinou que a serenoa, em doses duplas e triplas, não melhorou as medidas do fluxo urinário ou o tamanho da próstata nos homens com sintomas do trato urinário inferior consistentes com HPB (2). Entretanto, uma revisão sistemática de 2018 e uma metanálise de 27 estudos (5.800 indivíduos) sobre um extrato hexânico específico da serenoa mostrou diminuição da noctúria e melhor fluxo de urina (3). As alegações de que o saw palmetto aumenta a produção de espermatozoides, tamanho da mama ou vigor sexual permanecem sem respaldo.

Efeitos adversos

Pode ocorrer cefaleia e diarreia, mas poucos efeitos colaterais graves foram relatados. Um relato do caso de um homem branco de 58 anos de idade tomando 900 mg de extrato seco e 660 mg de pó da fruta para aliviar os sintomas da HBP identificou lesão hepática aguda decorrente da serenoa (4). Outro relato de caso de um homem de 65 anos de idade indicou que a suplementação com serenoa pode ter sido responsável por pancreatite aguda (5).

O saw palmetto pode interagir com estrógenos, assim gestantes ou que possam engravidar não devem ingerir.

Interações medicamentosas

Nenhuma interação da serenoa (6) foi relatada; embora evidências fortes não estivessem disponíveis, os pacientes tomando varfarina devem ter cuidado ao considerar ou tomar serenoa por causa do possível risco de hepatotoxicidade ou sangramento.

Referências sobre serenoa

Informações adicionais

  • NIH National Center for Complementary and Integrative Health: Saw palmetto

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS