honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Gama-hidroxibutirato

(GHB; "G")

Por

Gerald F. O’Malley

, DO, Grand Strand Regional Medical Center;


Rika O’Malley

, MD, Albert Einstein Medical Center

Última modificação do conteúdo mar 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Provoca intoxicação que se assemelha à causada por álcool ou cetamina e, especialmente quando combinado com álcool, pode resultar em depressão respiratória, convulsões e, raramente, morte.

O gama hidroxibutirato (GHB) é semelhante ao ácido gama-aminobutírico (GABA) neurotransmissor, mas ele pode atravessar a barreira hematencefálica e pode ser tomado por via oral. É similar à cetamina em seus efeitos, porém dura mais, sendo, de longe, mais perigoso.

O GHB produz sensações de relaxamento e tranquilidade. Pode também causar fadiga e desinibição. Em doses mais altas, o GHB pode ocasionar tontura, perda da coordenação, náuseas e vômito. Coma e depressão respiratória também podem suceder. A combinação de GHB com qualquer outro sedativo, em especial o álcool, é extremamente perigosa. A maior parte das mortes acontece quando GHB é ingerido junto com álcool.

Sintomas de abstinência ocorrem se o GHB não for ingerido por vários dias após uso prévio frequente de grandes quantidades. Os sintomas são semelhantes aos da abstinência alcoólica e aos da abstinência de benzodiazepínico e podem ser fatais.

O tratamento é direcionado aos sintomas. Ventilação mecânica pode ser necessária se a respiração for afetada. Muitas pessoas se recuperam rápido, embora os efeitos possam não diminuir por 1 ou 2 h.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS