Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Algumas causas de diarreia

Algumas causas de diarreia

Causa

Achados sugestivos

Abordagem diagnóstica

Aguda

Antibióticos (p. ex., os de amplo espectro ou múltiplos concomitantes)

Concomitância do uso do antibiótico com a diarreia

Avaliação clínica

Bactérias (p. ex., Campylobacter sp, Clostridium difficile, Escherichia coli [pode causar síndrome hemolítico-urêmica], Salmonella sp, Shigella sp, Yersinia enterocolitica)*

Febre, sangue nas fezes, dor abdominal

Possivelmente petéquias ou palidez (em pacientes com síndrome hemolítica-urêmica)

História de contato com animais de estimação (E. coli) ou com répteis (Salmonella)

História de ingestão de alimentos malcozidos (Salmonella)

Uso recente (< 2 meses) de antibióticos (C. difficile)

Surto em centro de day-care

Cultura de fezes

Leucócitos fecais

Se os pacientes têm aparência enferma, hemograma, testes de função renal e hemocultura

Uso recente de antibióticos: teste de fezes para toxina C. difficile

Alergia a alimentos ou intoxicação alimentar

Alergia: erupção urticariforme, edema labial, dor abdominal, vômitos, diarreia, dificuldade respiratória minutos ou horas após alimentação

Intoxicação:náuseas, vômitos, dor abdominal, diarreia após várias horas da ingestão de alimentos contaminados.

Avaliação clínica

Parasitas (p. ex., Giardia intestinalis [lamblia], Cryptosporidium parvum)*

Distensão abdominal e cólicas, fezes rançosas, anorexia

Possível história de viagem com fonte de água contaminada

Exame microscópico de fezes para presença de ovos e parasitos

Testes para antígenos fecais

Vírus (p. ex., astrovírus, calicivírus, adenovírus entérico, rotavírus)*

< 5 dias de diarreia sem sangue

Em geral, vômitos

Possivelmente febre

Contato com pessoas infectadas

Estação própria para a infecção

Avaliação clínica

Crônica

Retardo da evacuação > 48 h após o nascimento

Possivelmente história de constipação de longa data

Vômito bilioso, distensão abdominal, aparência doentia

Radiografia do abdome

Enema baritado

Biópsia retal

História da ressecção intestinal (p. ex., para enterocolite necrosante, volvulus, ou doença de Hirschsprung)

Avaliação clínica

Distensão abdominal, flatulência, diarreia repentina

Diarreia após ingestão de lacticínios

Avaliação clínica

Possível teste do hidrogênio no hálito

Às vezes, teste para substâncias redutoras nas fezes (para pesquisa de carboidratos) e pH fecal (< 6,0 indica carboidratos nas fezes)

Intolerância à proteína do leite de vaca (alergia à proteína do leite)

Vômitos

Diarreia ou constipação

Hematoquezia

Fissuras anais

Não ganha peso

Desaparecimento dos sintomas quando a proteína do leite de vaca é eliminada

Algumas vezes, endoscopia ou colonoscopia

Ingestão excessiva de sucos

História de ingestão excessiva de sucos ou bebidas açucaradas (4–6 oz/dia)

Avaliação clínica

Diarreia crônica inespecífica da infância (diarreia da criança de anos)

6 meses a 5 anos de idade

3–10 fezes moles/dia normalmente durante o dia enquanto acordado e, à vezes, logo depois de comer

Às vezes, alimento não digerido visível nas fezes

Crescimento, ganho de peso, atividade e apetite normais

Avaliação clínica

Imunodeficiência (p. ex., infecção pelo HIV, deficiência de IgA ou deficiência de IgG)

História de infecções recorrentes da pele, vias respiratórias ou intestino

Perda ponderal ou baixo ganho de peso

Teste HIV

Hemograma completo

Níveis de imunoglobulina

Sangue nas fezes, cólica abdominal, perda ponderal, anorexia

Possibilidade de artrite, ulcerações na boca, lesões cutâneas, fissuras retais

Colonoscopia

Gastroenterite eosinofílica

Dor abdominal, náuseas, vômitos, perda ponderal

Hemograma para eosinofilia sanguínea periférica

Às vezes, níveis de IgE

Endoscopia e/ou colonoscopia

Doença celíaca (enteropatia por glúten)

Início dos sintomas após a introdução de trigo na dieta (geralmente após 4–6 meses de idade)

Não ganha peso

Dor abdominal recorrente

Distensão abdominal

Diarreia ou constipação

Hemograma completo

Rastreamento sorológico a procura de doença celíaca (anticorpo antitransglutaminase tissular IgA)

Endoscopia para biópsia duodenal

Não ganha peso

Episódios repetidos de pneumonia ou sibilos

Fezes fétidas ou gordurosas

Empachamento, flatulência

Excreção de gordura fecal em 72 h

Teste de suor

Exame genético

Possibilidade de dermatite psoriasiforme, estomatite angular

Níveis de zinco

História de fezes endurecidas

Incontinência fecal

Radiografia do abdome

*Também pode causar diarreia crônica.