Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Estrutura do sistema reprodutor masculino

Por

Irvin H. Hirsch

, MD, Sidney Kimmel Medical College of Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa jul 2019| Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O sistema reprodutor masculino inclui o pênis, o escroto, os testículos, o epidídimo, o canal deferente, a próstata e as vesículas seminais.

  • O pênis e a uretra fazem parte dos sistemas urinário e reprodutor.

  • O escroto, os testículos, o epidídimo, o canal deferente, as vesículas seminais e a próstata completam o sistema reprodutor.

O pênis é formado pela raiz (que está ligada à estrutura abdominal inferior e aos ossos pélvicos), a parte visível da haste e a glande peniana (a extremidade em forma de cone). O orifício da uretra (o canal que transporta o sêmen e a urina) localiza-se na extremidade da glande peniana. A base da glande peniana é denominada corona. Nos homens não circuncidados, o prepúcio estende-se desde a corona e cobre a glande peniana.

O pênis é composto por três espaços cilíndricos (seios preenchidos por sangue) de tecido erétil. Os dois maiores, os corpos cavernosos, estão situados lado a lado. O terceiro seio, o corpo esponjoso, envolve a maior parte da uretra. Quando esses espaços se enchem de sangue, o pênis aumenta de tamanho e fica rígido (ereto).

O escroto é o saco de pele grossa que cerca e protege os testículos. O escroto também atua como um sistema de controle da temperatura dos testículos, porque estes necessitam de uma temperatura levemente inferior à do corpo para favorecer o desenvolvimento normal dos espermatozoides. O músculo cremaster da parede do escroto relaxa de forma a permitir que os testículos se afastem do corpo para se resfriar ou, então, contrai para que se aproximem mais do corpo para obter mais calor ou proteção.

Os testículos são corpos ovais que têm em média 4 a 7 cm de comprimento e 2 a 3 colheres de chá (20 a 25 ml) de volume. Geralmente, o testículo esquerdo é mais caído que o direito. Os testículos têm duas funções primárias:

  • Produção de esperma (que carrega os genes masculinos)

  • Produção de testosterona (o principal hormônio sexual masculino)

O epidídimo é formado por um único tubo microscópico enrolado que mede quase seis metros de comprimento. O epidídimo recolhe o esperma dos testículos, proporcionando-lhe o meio para que amadureça e adquira a capacidade de mover-se através do sistema reprodutivo feminino e fertilize um óvulo. Um epidídimo encontra-se sobre cada testículo.

Órgãos reprodutores masculinos

Órgãos reprodutores masculinos

O canal deferente é formado por um tubo firme (do tamanho de um fio de espaguete) que transporta o esperma a partir do epidídimo. Esse canal estende-se a partir de cada epidídimo até a parte posterior da próstata e junta-se com uma das duas vesículas seminais. No escroto, outras estruturas, como as fibras musculares, os vasos sanguíneos e os nervos, acompanham os canais deferentes no seu percurso e, juntos, formam uma estrutura entrelaçada, o cordão espermático.

A uretra tem uma função dupla nos homens. Este canal constitui a parte das vias urinárias que transporta a urina desde a bexiga e é a parte do sistema reprodutivo através da qual o sêmen é ejaculado.

A próstata se localiza imediatamente abaixo da bexiga e envolve a uretra. Do tamanho de uma noz nos homens jovens, a próstata aumenta de tamanho com a idade. Quando a próstata cresce muito, pode obstruir o fluxo de urina através da uretra e causar sintomas urinários incômodos.

As vesículas seminais, localizadas acima da próstata, ligam-se ao canal deferente formando os dutos ejaculatórios, que se estendem ao longo da próstata. A próstata e as vesículas seminais produzem um líquido que nutre o esperma. Esse líquido fornece a maior parte do volume de sêmen, o líquido em que o esperma é expelido durante a ejaculação. Outro líquido que compõe uma pequena quantidade do sêmen é proveniente do canal deferente e das glândulas bulbouretrais na uretra.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Hiperplasia prostática benigna
Vídeo
Hiperplasia prostática benigna
A próstata é uma glândula pequena e arredondada do sistema reprodutor masculino que fica localizada...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema reprodutor masculino
Modelo 3D
Sistema reprodutor masculino

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS