Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Considerações gerais sobre distúrbios metabólicos hereditários

Por

Matt Demczko

, MD, Sidney Kimmel Medical College of Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa fev 2018| Última modificação do conteúdo fev 2018
Clique aqui para a versão para profissionais

Os distúrbios metabólicos hereditários são doenças genéticas hereditárias que causam problemas de metabolismo.

O termo hereditariedade significa transmitir os genes de uma geração para a próxima. A criança herda os genes dos pais. Os distúrbios metabólicos hereditários surgem quando a criança herda genes defeituosos que controlam o metabolismo.

Existem centenas de distúrbios metabólicos e a maioria é extremamente rara.

Metabolismo

A maioria dos alimentos e bebidas consumidos pelas pessoas são substâncias complexas que o organismo precisa decompor em substâncias mais simples. Esse processo pode envolver várias etapas. As substâncias mais simples são então utilizadas como componentes que são reunidos em materiais de que o corpo precisa para sustentar a vida. O processo de criação desses materiais também pode exigir várias etapas. Os principais componentes são

O metabolismo consiste no processo complicado de decomposição e conversão das substâncias ingeridas.

O metabolismo é realizado por substâncias químicas denominadas enzimas, que são produzidas pelas células do corpo. Caso uma anomalia genética afete o funcionamento de uma enzima ou faça com que ela se torne escassa ou falte por completo, diversos distúrbios metabólicos podem ocorrer. Esses distúrbios geralmente se devem à

  • Incapacidade de decompor uma substância que deveria ser decomposta, o que permite o acúmulo de uma substância tóxica intermediária

  • Incapacidade de produzir algumas substâncias essenciais

Os distúrbios metabólicos são classificados de acordo com o componente específico que é afetado.

Diagnóstico

  • Exames preventivos pré-natais

  • Exames preventivos no recém-nascido

Antes do nascimento, alguns distúrbios hereditários do metabolismo (por exemplo, fenilcetonúria e lipidoses) podem ser diagnosticados no feto mediante amniocentese ou amostragem de vilosidades coriônicas, que são exames preventivos pré-natais. Em geral, um distúrbio metabólico hereditário é diagnosticado mediante exame de sangue ou exame de amostra de tecido para se determinar se uma enzima específica está deficiente ou faltando.

Depois do nascimento, muitos desses distúrbios são detectados mediante exames preventivos de rotina no recém-nascido. Consulte o site na internet do centro nacional de exames preventivos e recursos mundiais para recém-nascidos (National Newborn Screening and Global Resource Center) para obter uma relação completa dos exames preventivos realizados rotineiramente em recém-nascidos, separados por estado dos EUA.

O médico pode suspeitar da presença de um distúrbio hereditário do metabolismo durante um exame físico. Os sintomas também podem revelar algumas pistas. Por exemplo, uma criança que tem urina com odor adocicado pode ter a doença da urina de xarope de bordo, ou uma criança que tem um odor de “chulé” pode ter acidemia isovalérica. A presença de problemas oculares, aumento do fígado ou do baço, problemas cardíacos (por exemplo, cardiomiopatia) ou fraqueza muscular pode indicar a presença de outros distúrbios metabólicos hereditários.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Administração de insulina
Vídeo
Administração de insulina
O diabetes é um quadro clínico que se desenvolve devido a concentrações elevadas de glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
O resfriado comum
Modelo 3D
O resfriado comum

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS