Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Fatores de infertilidade não identificados

Por

Robert W. Rebar

, MD, Western Michigan University Homer Stryker M.D. School of Medicine

Última revisão/alteração completa fev 2019| Última modificação do conteúdo fev 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Fatores não identificados costumam ser considerados a explicação para a infertilidade quando o sêmen do homem for normal e quando a ovulação e as trompas de Falópio na mulher forem normais e a ovulação for regular.

Tratamento

  • Estimulação ovariana controlada

  • Algumas vezes, técnicas de reprodução assistida

Uma abordagem denominada estimulação ovariana controlada pode ser usada caso nenhuma explicação para a infertilidade seja identificada.

A estimulação ovariana controlada pode aumentar a chance de haver gravidez e ajudar a mulher a engravidar mais rapidamente. Esse tratamento pode gerar mais de um feto.

A estimulação ovariana controlada envolve o seguinte:

  • A mulher recebe um medicamento para fertilidade (clomifeno), que estimula o amadurecimento e liberação de vários óvulos, e gonadotrofina coriônica humana (hCG), que estimula a ovulação, por até três ciclos menstruais.

  • O sêmen é colocado diretamente no útero para ultrapassar o muco (inseminação intrauterina) no prazo de dois dias após o tratamento com hCG.

Um dos procedimentos a seguir pode ser realizado caso a gravidez não ocorra depois desse tratamento:

Prognóstico

A mulher tem a mesma chance de engravidar (aproximadamente 65%) independentemente de um tratamento sem sucesso com clomifeno ser seguido imediatamente por fertilização in vitro ou se o clomifeno for seguido por gonadotrofinas humanas e, em seguida, por fertilização in vitro. No entanto, a mulher engravida mais rapidamente e fica menos propensa a ter uma gestação com três ou mais fetos quando o tratamento sem sucesso com clomifeno é seguido imediatamente por fertilização in vitro que quando gonadotrofinas humanas são administradas. Assim, se o clomifeno mais a inseminação intrauterina falharem, a próxima etapa costuma ser a fertilização in vitro.

Há evidência que sugere que as mulheres com mais de 38 anos de idade que têm infertilidade inexplicada conseguem conceber mais rapidamente quando a fertilização in vitro é realizada antes de ser tentada a estimulação ovariana controlada.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Visão geral do sistema reprodutor feminino
Vídeo
Visão geral do sistema reprodutor feminino
Modelos 3D
Visualizar tudo
Conteúdo da pelve feminina
Modelo 3D
Conteúdo da pelve feminina

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS