Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Leucemia linfocítica crônica
Leucemia linfocítica crônica
Leucemia linfocítica crônica

Dentro da área oca dos ossos, há um núcleo esponjoso chamado medula óssea. É aqui onde as células-tronco são produzidas. As células-tronco são células imaturas que podem se desenvolver em componentes do sangue: glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio pelo corpo; glóbulos brancos e linfócitos, que combatem infecções; e plaquetas, que ajudam o sangue a coagular.

A leucemia linfocítica crônica (LLC) é um tipo de câncer no qual a medula óssea produz linfócitos em demasia. O termo “crônica” significa que as células cancerosas se multiplicam lentamente e que a doença leva bastante tempo para se desenvolver. NA LLC, os linfócitos produzidos são anormais e não são capazes de combater infecções. Conforme o número desses linfócitos anormais aumenta no sangue e na medula óssea, menos glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas saudáveis são produzidos. Isso pode causar sintomas de fadiga, infecção recorrente, anemia e fácil formação de hematomas.

A leucemia linfocítica crônica normalmente não produz sintomas nos estágios iniciais. O tratamento e o prognóstico dependem do estágio e da extensão da doença. A terapia padrão inclui “monitoramento cuidadoso”, quimioterapia, radioterapia, cirurgia e terapia com anticorpos monoclonais. O transplante de células-tronco da medula óssea é outro tipo de terapia que está sendo testado em estudos clínicos. A leucemia linfocítica crônica é a segunda leucemia mais comum em adultos, e se desenvolve com mais frequência após a meia-idade. A LLC não é comum em crianças.

Seu médico é a melhor fonte de informações sobre tratamentos para a sua doença. É importante conversar com o seu médico qual terapia, se houver, é a mais apropriada para você.