Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Doença por radiação
Doença por radiação
Doença por radiação

Elementos radioativos, como urânio e bário, liberam o excesso de energia na forma de partículas ou de ondas. Partículas alfa, partículas beta e raios gama são os tipos de emissões radioativas que podem causar danos ao interagirem com os átomos que compõem as células vivas. Todos os tipos de radiação podem causar danos ao corpo e levar a um quadro clínico conhecido como doença por radiação. Quando ondas ou partículas radioativas interagem com átomos no corpo, elas podem retirar elétrons que orbitam o núcleo desse átomo. Isso altera a forma como um átomo funciona normalmente e forma íons (também conhecidos como radicais livres). Esses íons têm reações anormais com outros átomos, como aqueles presentes no material genético de uma célula, levando a mutações e, possivelmente, câncer. A exposição a concentrações elevadas de radiação pode levar à morte de células e, consequentemente, de tecidos ou à insuficiência de órgãos. Um sistema imunológico enfraquecido, muitas vezes um sinal de doença por radiação, resulta no aumento do número de infecções. Os sintomas iniciais são náusea, diarreia e fraqueza, às vezes acompanhadas por perda de cabelo. Pode-se administrar medicamentos para reduzir a náusea e a dor, mas somente antibióticos e transfusões de sangue podem ajudar a combater infecções mortais e auxiliar na recuperação gradual da doença por radiação.