honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Câncer de bexiga
Câncer de bexiga
Câncer de bexiga

O sistema urinário é composto por dois rins, dois ureteres, a bexiga e a uretra. Os rins removem produtos residuais do sangue e formam a urina. A urina então passa por ureteres que têm formato de tubos e é armazenada na bexiga antes de ser eliminada do corpo pela uretra.

A bexiga é um órgão oco que se expande e contrai para coletar e eliminar urina. Como acontece com todos os órgãos no sistema urinário, a bexiga é suscetível ao desenvolvimento de câncer, o crescimento descontrolado de células anormais. A parede da bexiga possui várias camadas de tecido. O tipo do câncer da bexiga depende dos tipos de células e camadas de tecido afetados.

Existem três tipos de câncer de bexiga:

  • Carcinoma de células transicionais: Esse tipo de câncer começa nas células transicionais. Essas células formam a camada mais interna da bexiga, permitindo que a bexiga se estique quando estiver cheia e encolha quando for esvaziada. Ela é o local mais comum de câncer de bexiga.

  • Carcinoma de células escamosas: Esse tipo é um câncer de crescimento lento da camada fina de células chatas que revestem a superfície da bexiga.

  • Adenocarcinoma: O câncer que começa nas células glandulares ou secretoras da bexiga.

Os sintomas de câncer da bexiga podem incluir

  • Sangue na urina

  • Micção frequente ou sentir a necessidade de urinar sem ser capaz de eliminar urina

  • Dor ao urinar

A probabilidade de homens terem câncer de bexiga é maior do que a das mulheres. O câncer da bexiga é mais comum em brancos do que em negros.

Os fatores de risco para câncer de bexiga incluem

  • Tabagismo

  • A exposição de longo prazo a certos produtos químicos ou carcinógenos no local de trabalho, como aqueles usados na fabricação de borracha, produtos têxteis, tintas e roupas tingidas

  • Uma dieta rica em gorduras e frituras

  • Ter um histórico de infecções recorrentes de bexiga

  • O uso prolongado de cateteres urinários

  • Ter mais de 60 anos de idade

Em caso de suspeita de câncer, estudos diagnósticos podem incluir

  • Cistoscopia: Um estudo diagnóstico por imagem, no qual um tubo com uma lente é colocado dentro da bexiga através da uretra.

  • Urocultura e citologia: Estudos laboratoriais que analisam a urina quanto à presença de bactérias e células de câncer.

  • Biópsia: A remoção de células da bexiga para exame ao microscópio.

  • Estudos diagnósticos por imagem: Estudos como RM, TC e UIV (urografia intravenosa), que fornecem uma imagem detalhada do sistema urinário.

O tratamento e o prognóstico dependem do estágio e do grau do câncer e da localização do tumor. Opções de tratamento para câncer de bexiga podem incluir cirurgia, quimioterapia, radioterapia e terapia biológica.

Nesses tópicos
Câncer de bexiga