Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Algumas causas e características de secreção no mamilo

Algumas causas e características de secreção no mamilo

Causa

Características comuns*

Exames

Distúrbios benignos de mama

Papiloma intradutal (um tumor benigno em um duto de leite), a causa mais comum

Uma secreção sanguinolenta ou rosa de uma mama

Geralmente ultrassonografia

Ectasia do duto mamário (dutos de leite dilatados)

Uma secreção sanguinolenta, rosa ou multicolorida (parecida com pus, cinza ou leitosa) de uma ou de ambas as mamas

Igual para papiloma intradutal

Um nódulo, geralmente flexível e macio, que geralmente surge antes da menopausa

Talvez a presença de uma secreção de cor amarelo claro, verde ou branca

Possivelmente um histórico de nódulos na mama

Igual para papiloma intradutal

Dor, sensibilidade, vermelhidão, calor ou uma combinação desses que começa de repente em uma mama

Muitas vezes, febre

Com um abscesso, um nódulo macio e possivelmente uma secreção parecida com pus que cheira mal

Exame físico (a infecção geralmente é óbvia)

Se a secreção não resolver com o tratamento, avaliação como para papiloma intradutal

Normalmente, carcinoma intradutal ou carcinoma dutal invasivo

Possivelmente um nódulo palpável, alterações na pele ou aumento dos linfonodos, na maioria das vezes na axila

Às vezes, uma secreção sanguinolenta ou rosa

Igual para papiloma intradutal

Aumento dos níveis de prolactina†

Vários distúrbios, incluindo o seguinte:

Uma secreção leitosa (não sanguinolenta), geralmente a partir de ambas as mamas

Nenhum nódulo

Possivelmente irregularidades menstruais ou ausência da menstruação (amenorreia)

Exames de sangue para medir os níveis de prolactina e do hormônio estimulante da tireoide

Uma revisão dos medicamentos que estão sendo tomados

Se o nível de estímulo da prolactina ou da tireoide estiver elevado, ressonância magnética da cabeça

Intolerância ao frio, lentidão, constipação ou ganho de peso

  • Distúrbios da hipófise ou do hipotálamo (parte do cérebro)

Possivelmente, anomalias hormonais (tais como ausência de períodos menstruais ou infertilidade), alterações na visão ou dores de cabeça

  • Distúrbios crônicos renais ou hepáticos

Com distúrbios hepáticos, ascite ou icterícia

Em pessoas que sabidamente apresentam um distúrbio renal ou hepático

Certos medicamentos, incluindo

  • Opioides

  • Contraceptivos orais

  • Alguns medicamentos usados ​​para tratar distúrbios gástricos (como cimetidina, ranitidina‡ e metoclopramida)

  • Alguns antidepressivos e fenotiazinas (medicamentos utilizados no tratamento de náusea ou psicose), como a proclorperazina

  • Alguns anti-hipertensivos (como atenolol, labetalol, metildopa, reserpina e verapamil)

Exames de sangue para medir os níveis de prolactina e do hormônio estimulante da tireoide

Uma revisão dos medicamentos que estão sendo tomados

Se o nível de estímulo da prolactina ou da tireoide estiver elevado, ressonância magnética da cabeça

* As características incluem os sintomas e os resultados do exame médico. As características mencionadas são típicas, mas nem sempre estão presentes.

† A prolactina é um hormônio que estimula a produção de leite.

‡ Ranitidina (tomada por via oral ou intravenosa, de venda livre) foi removida do mercado nos Estados Unidos e em muitos outros países por causa de níveis inaceitável de N-nitrosodimetilamina (NDMA), uma substância que provavelmente causa câncer.

RM = ressonância magnética.