honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

ADHD: Epidemic or Over-Diagnosis?

ADHD: Epidemic or Over-Diagnosis?

Um número crescente de crianças está sendo diagnosticado com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH). Contudo, há preocupação entre os médicos e pais de que muitas crianças podem estar sendo diagnosticadas erroneamente. Um elevado nível de atividade pode ser completamente normal e simplesmente um exagero do temperamento infantil normal. Alternativamente, ele pode ter uma diversidade de causas, incluindo distúrbios emocionais ou anomalias do funcionamento do cérebro, tais como TDAH.

Em geral, bebês de dois anos de idade são ativos e raramente ficam parados. Um nível elevado de atividade e de barulho é comum até os quatro anos de idade. Tal comportamento é normal nessas idades e em crianças com desenvolvimento adequado nessa faixa etária. O comportamento ativo pode causar conflitos entre pais e crianças e pode preocupar os pais. Ele também pode criar problemas para terceiros que supervisionam tais crianças, incluindo professores.

Determinar se o nível de atividade de uma criança é anormalmente elevado não deve depender somente do nível de tolerância da pessoa que se sente perturbada. Contudo, algumas crianças são claramente mais ativas do que a média. Caso o elevado nível de atividade seja combinado com uma capacidade de concentração curta e impulsividade, ele deve ser definido como hiperatividade e ser considerado parte do TDAH.

Recriminar e punir crianças pelo seu elevado nível de atividade em geral produz efeitos negativos e aumenta o nível de atividade da criança. Evitar situações nas quais a criança precisa ficar sentada por muito tempo ou encontrar um professor habilitado para lidar com tais crianças pode ajudar. Caso medidas simples não ajudem, uma avaliação médica ou psicológica pode ser útil para descartar um distúrbio subjacente tal como TDAH.