honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

How Many Eggs?

How Many Eggs?

Uma menina nasce com óvulos (oócitos) em seus ovários. Entre as 16 e as 20 semanas de gravidez, os ovários de um feto do sexo feminino contêm entre seis e sete milhões de oócitos. A maioria dos oócitos gradualmente se definha, deixando cerca de um a dois milhões presentes no nascimento. Nenhum oócito se desenvolve após o nascimento. Na puberdade, apenas cerca de 300 mil – mais do que o suficiente para uma vida de fertilidade – permanecem.

Apenas uma pequena porcentagem de oócitos amadurece em óvulos. Os muitos milhares de oócitos que não amadurecem se degeneram. A degeneração progride mais rapidamente nos 10 a 15 anos anteriores à menopausa. Todos já deixaram de existir na menopausa.

Apenas cerca de 400 óvulos são liberados durante a vida reprodutiva da mulher, geralmente um em cada ciclo menstrual. Até ser liberado, um óvulo permanece dormente em seu folículo, suspenso no meio de uma divisão celular. Ainda assim, o óvulo é uma das células com maior longevidade do corpo.

Uma vez que um óvulo dormente não consegue se consertar como as células normalmente fazem, a chance de haver danos aumenta à medida que a mulher envelhece. Uma anomalia cromossômica ou genética é, portanto, mais provável quando uma mulher concebe um bebê mais tarde na vida.