Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Alguns medicamentos usados para tratar a incontinência urinária

Alguns medicamentos usados para tratar a incontinência urinária

Medicamento

Como funciona

Comentários

Para fraqueza do esfíncter urinário ou músculos pélvicos (incompetência de saída da bexiga) causando incontinência de esforço.

Duloxetina

Ajuda a fortalecer as contrações do esfíncter urinário

Não tão estudado como muitos dos outros medicamentos

Não aprovado para esse uso nos Estados Unidos

Imipramina (antidepressivo tricíclico)

Ajuda a fortalecer as contrações do esfíncter urinário e a relaxar a bexiga hiperativa (um efeito anticolinérgico*)

Também usados para a bexiga hiperativa e incontinência de urgência

Pseudoefedrina (um estimulante alfa-adrenérgico)

Ajuda a fortalecer as contrações do esfíncter urinário

Pode causar ansiedade, insônia e, nos homens, incapacidade de urinar

Medicamentos de venda livre usados primariamente como descongestionantes

Para obstrução da saída da bexiga nos homens, causando incontinência de urgência ou de transbordamento

Bloqueadores alfa-adrenérgicos:

  • Alfuzosina

  • Doxazosina

  • Prazosina

  • Silodosina

  • Tansulosina

  • Terazosina

Ajuda a relaxar o esfíncter urinário

Tende a aumentar a velocidade do fluxo da urina e ajuda a bexiga a esvaziar-se completamente

Pode diminuir a pressão arterial ou causar fadiga

Inibidores da 5-alfa redutase:

  • Dutasterida

  • Finasterida

Ajuda a diminuir a próstata expandida

Pode levar semanas ou meses para ser eficaz

Inibidor da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5):

  • Tadalafila

Os médicos não estão certos de como este medicamento afeta uma próstata aumentada

Para a bexiga hiperativa com incontinência de urgência ou de esforço

Darifenacina

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos do músculo da parede da bexiga (efeitos anticolinérgicos †)

Diciclomina

Relaxa os músculos involuntários

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos musculares (efeitos anticolinérgicos*)

Não tão estudado como muitos dos outros medicamentos

Fesoterodina

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos do músculo da parede da bexiga (efeitos anticolinérgicos †)

Não tão estudado como muitos dos outros medicamentos

Hiosciamina

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos musculares (efeitos anticolinérgicos*)

Não tão estudado como muitos dos outros medicamentos

Imipramina (antidepressivo tricíclico)

Ajuda a fortalecer as contrações do esfíncter urinário

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos musculares da parede da bexiga (um efeito anticolinérgico*)

Particularmente útil para incontinência durante a noite

Mirabegrona (um estimulante beta-adrenérgico)

Relaxa a parede da bexiga

Não tão estudado como muitos dos outros medicamentos

Pode aumentar a pressão arterial

Toxina onabotulínica A

(um tipo de toxina botulínica)

Bloqueia a atividade do nervo no músculo da bexiga que faz com que ela se contraia involuntariamente

Injetado na parede da bexiga através de um cistoscópio inserido na bexiga

Usado para tratar a incontinência em adultos com bexiga hiperativa causada por um distúrbio neurológico (como esclerose múltipla) quando outros medicamentos são ineficazes ou têm efeitos colaterais em excesso

Oxibutinina

Muitos efeitos, como relaxamento dos músculos involuntários e efeitos anticolinérgicos*, que incluem o aumento da capacidade de enchimento da bexiga e diminuição dos espasmos dos músculos da parede da bexiga

Pode ser o medicamento mais eficaz

Disponível como comprimido, adesivo para a pele e gel

Solifenacina

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos do músculo da parede da bexiga (efeitos anticolinérgicos †)

Tolterodina

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos do músculo da parede da bexiga (efeitos anticolinérgicos †)

Tróspio

Aumenta a capacidade de enchimento da bexiga e diminui os espasmos musculares (efeitos anticolinérgicos*)

Para músculos da parede da bexiga fracos com incontinência por transbordamento

Betanecol

Ajuda os músculos da parede da bexiga a contraírem-se

Normalmente ineficaz

Pode causar rubor, cólicas abdominais e frequência cardíaca aumentada

* Efeitos anticolinérgicos (como boca seca, constipação e, algumas vezes, visão turva ou confusão) podem ser desconfortáveis, particularmente em idosos.

† Esses medicamentos têm efeitos anticolinérgicos que visam o sistema urinário, de modo que eles tendem a ter menos efeitos colaterais anticolinérgicos que outros medicamentos com os mesmos efeitos.

FDA = Agência reguladora de administração de alimentos e medicamentos dos EUA (Food and Drug Administration); OTC = venda livre (over-the-counter).