Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Algumas causas e características de secreção vaginal

Algumas causas e características de secreção vaginal

Causa

Características comuns*

Exames

Durante a infância

Algum corpo estranho (frequentemente, papel higiênico) na vagina

Geralmente, secreção com odor fétido e frequentemente acompanhada de uma pequena quantidade de sangue

Às vezes, algum exame médico realizado depois de a menina ter sido sedada ou submetida à anestesia geral

Infecções causadas por

Irritação, vermelhidão e inchaço na região genital

Frequentemente, dor durante a micção

Em infecção por oxiúro, coceira que piora durante a noite

Em infecção estafilocócica e estreptocócica, vermelhidão e inchaço na região genital

Exame ao microscópio e análise de amostra da secreção para buscar micro-organismos que podem causar infecções vaginais

Exame da região genital e do ânus para buscar oxiúros

Má higiene

Coceira, vermelhidão e odor fétido proveniente da área genital

Às vezes, dor durante a micção

Sem coriza

Um exame médico para eliminar outras possíveis causas

Dor na região genital

Às vezes, secreção que apresenta odor fétido ou contém sangue

Frequentemente, sintomas vagos, como fadiga ou dor abdominal, ou alterações de comportamento, como começar a ter crises de raiva ou vontade de se isolar

Exame médico

Para poder tentar detectar a presença de doenças sexualmente transmissíveis: Exame ao microscópio e análise de amostra da secreção

Se houver suspeita de abuso, medidas para garantir a segurança da criança e relatar o fato às agências estaduais

Durante a idade fértil

Secreção turva, inconsistente, branca ou cinza e malcheirosa

Às vezes, coceira e irritação

Exame ao microscópio e análise de amostra da secreção

Irritação, coceira, vermelhidão e inchaço na região genital

Secreção espessa, branca, grumosa, semelhante ao queijo cottage

Às vezes, piora dos sintomas após a relação sexual e antes das menstruações

Às vezes, uso recente de antibióticos ou histórico de diabetes

Exame ao microscópio e análise de amostra da secreção

Geralmente, secreção excessiva, amarelo-esverdeada, espumosa e malcheirosa

Coceira, vermelhidão, inchaço e dor na região genital

Às vezes, dor durante a relação sexual e a micção

Exame ao microscópio e análise de amostra da secreção

Dor pélvica intensa e que piora gradativamente, que pode ocorrer em um ou ambos os lados

Secreção vaginal que, às vezes, apresenta odor fétido e, conforme o agravamento da infecção, pode tornar-se purulenta e amarelo-esverdeada

Sangramento vaginal anômalo

Às vezes, dor durante a relação sexual ou a micção, febre ou calafrios, náusea ou vômito

Exames para detecção de doenças sexualmente transmissíveis por meio de amostra de secreções coletadas do colo do útero

Às vezes, ultrassonografia da pelve

Algum corpo estranho (frequentemente, absorvente interno esquecido) na vagina

Frequentemente, secreção excessiva com odor muito fétido

Frequentemente, vermelhidão na região genital e dor durante a micção e, às vezes, dor durante a relação sexual

Exame médico

Após a menopausa

Adelgaçamento do revestimento da vagina (vaginite atrófica)

Secreção pequena

Dor durante a relação sexual

Exame médico

Exame ao microscópio e análise de amostra da secreção

Irritação causada por urina ou fezes

Vermelhidão extensa na região ao redor da genitália e ânus

Quadros clínicos que aumentam o risco de apresentar essa irritação, tais como ter incontinência ou estar acamada

Exame médico

Secreção rala ou sanguinolenta

Sangramento vaginal anômalo

Frequentemente, nenhum sintoma até que o câncer esteja avançado

Dor que surge gradativamente e, às vezes, torna-se crônica

Às vezes, perda de peso

Uma biópsia

Exames de diagnóstico por imagem, como ultrassonografia e algumas vezes RM ou TC

Em qualquer idade

Irritação química (como aquelas causadas por sabonetes, banhos de espuma, sprays para higiene ou cremes e pomadas vaginais)

Vermelhidão, coceira, inchaço e dor na região genital

Exame médico

Abertura anômala (fístula) entre o intestino e o trato genital, que pode ter sido causada por

Secreção com odor fétido

Presença de fezes na vagina ou na secreção vaginal

Exame médico

TC

Endoscopia (um tubo flexível de visualização é utilizado para examinar as estruturas internas)

Inflamação em virtude de

  • Radioterapia

  • Cirurgia pélvica

  • Certos fármacos quimioterápicos

Tratamento recente de algum distúrbio que afeta a pelve

Secreção que contém pus

Dor durante a micção ou a relação sexual

Às vezes, irritação, coceira, vermelhidão, dor em ardência e sangramento leve

Exame médico

Geralmente, exame por microscópio e análise de amostra da secreção

Erupções cutâneas, coceira ou outros sintomas, dependendo do distúrbio

Exame médico

Biópsia

* As características incluem sintomas e resultados do exame médico. As características mencionadas são típicas, mas nem sempre estão presentes.

TC = tomografia computadorizada; RM = ressonância magnética.