Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Tipos de reações adversas medicamentosas

Por

Daphne E. Smith Marsh

, PharmD, BC-ADM, CDE , College of Pharmacy, University of Illinois at Chicago

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Reações adversas medicamentosas (efeitos adversos) são quaisquer efeitos indesejados de um medicamento. Existem vários tipos diferentes:

  • Relacionadas à dose

  • Alérgicas

  • Idiossincráticas

As reações adversas medicamentosas relacionadas a dose representam um exagero dos efeitos terapêuticos do medicamento. Por exemplo, uma pessoa tomando um medicamento para controlar a hipertensão arterial pode sentir tonturas ou ficar atordoada se o medicamento reduzir a pressão arterial excessivamente. Uma pessoa com diabetes pode desenvolver fraqueza, sudorese, náusea e palpitações se o uso de insulina ou de um antidiabético oral reduzir o nível de açúcar no sangue excessivamente. Esse tipo de reação adversa medicamentosa geralmente é previsível, mas, às vezes, ela é inevitável. Ela pode ocorrer se uma dose do medicamento for demasiadamente alta (reação de superdosagem), se a pessoa for extraordinariamente sensível ao medicamento ou se outro medicamento reduzir o metabolismo do primeiro medicamento e, aumentar, assim, sua concentração no sangue ( Interações medicamentosas). As reações relacionadas à dose geralmente não são graves, mas são relativamente comuns.

Reações alérgicas medicamentosas não são relacionadas à dose, mas necessitam de exposição prévia a um medicamento. As reações alérgicas desenvolvem-se quando o sistema imunológico do corpo desenvolve uma reação inadequada a um medicamento (algumas vezes conhecida como sensibilização). Após a pessoa estar sensibilizada, exposições tardias ao medicamento produzem um de diversos tipos diferentes de reação alérgica. Algumas vezes, os médicos realizam testes cutâneos para ajudar a prever as reações alérgicas medicamentosas.

As reações adversas medicamentosas idiossincráticas resultam de mecanismos que não são atualmente compreendidos. Este tipo de reação adversa medicamentosa é em grande parte imprevisível. Exemplos de tais reações adversas medicamentosas incluem erupções cutâneas, icterícia, anemia, redução na contagem de glóbulos brancos, lesão renal e lesão nervosa que pode prejudicar a visão ou a audição. Essas reações tendem a ser mais graves, mas ocorrem tipicamente em um número muito pequeno de pessoas. As pessoas afetadas podem apresentar diferenças genéticas na forma como seu corpo metaboliza medicamentos ou responde a eles.

Algumas reações adversas medicamentosas não estão relacionadas ao efeito terapêutico do medicamento, mas geralmente são previsíveis, pois os mecanismos envolvidos são amplamente compreendidos. Por exemplo, irritação e sangramento estomacais geralmente ocorrem em pessoas que usam regularmente aspirina ou outros medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs). Isso ocorre porque esses medicamentos reduzem a produção de prostaglandinas, que ajudam a proteger o trato digestivo do ácido gástrico.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre a absorção, metabolismo e excreção...
Vídeo
Considerações gerais sobre a absorção, metabolismo e excreção...
Inaladores
Vídeo
Inaladores
Algumas pessoas sentem dificuldade para respirar devido a uma doença que cause constrição...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS