Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Benefícios versus riscos dos medicamentos

Por

Daphne E. Smith Marsh

, PharmD, BC-ADM, CDCES, University of Illinois at Chicago College of Pharmacy

Avaliado clinicamente abr 2021
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Todos os medicamentos têm tanto o potencial de causar danos (uma reação adversa medicamentosa Considerações gerais sobre reações adversas medicamentosas Reações adversas medicamentosas (efeitos adversos) são quaisquer efeitos indesejados de um medicamento. No início do século XX, o cientista alemão Paul Ehrlich descreveu um medicamento ideal... leia mais ) quanto de trazer benefícios. Quando os médicos consideram a prescrição de um medicamento, eles devem pesar os possíveis malefícios em relação aos benefícios esperados. O uso de um medicamento não se justifica a não ser que os benefícios esperados superem os possíveis malefícios. Os médicos também devem considerar o resultado provável da interrupção do medicamento. Os potenciais benefícios e malefícios nunca podem ser determinados com precisão matemática.

Ao avaliar os benefícios e riscos da prescrição de um medicamento, os médicos consideram a gravidade da doença a ser tratada e o efeito que o medicamento está tendo sobre a qualidade de vida da pessoa. Por exemplo, para condições relativamente pouco importantes — como tosses e resfriados, tensões musculares ou dores de cabeça infrequentes — somente um risco muito baixo de reações adversas medicamentosas é aceitável. Para esses sintomas, medicamentos de venda livre geralmente são eficazes e bem tolerados. Quando utilizados de acordo com as instruções, os medicamentos de venda livre para o tratamento de condições pouco importantes apresentam uma ampla margem de segurança (diferença entre a dose eficaz normal e a dose que produz reações adversas medicamentosas graves). Já no caso de doenças graves ou de risco à vida (como ataque cardíaco Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) Síndromes coronarianas agudas são o resultado de um bloqueio repentino em uma artéria coronariana. Esse bloqueio provoca angina instável ou um ataque cardíaco (infarto do miocárdio) dependendo... leia mais Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) , AVC Considerações gerais sobre o acidente vascular cerebral Um acidente vascular cerebral ocorre quando uma artéria no cérebro fica bloqueada ou se rompe, resultando na morte de uma área do tecido cerebral devido à perda do suprimento sanguíneo (infarto... leia mais , câncer Considerações gerais sobre o câncer Um câncer é um crescimento anormal de células (geralmente derivadas de uma única célula anormal). As células perderam seus mecanismos normais de controle e, assim, são capazes de se multiplicar... leia mais ou rejeição de órgão transplantado Rejeição Um transplante consiste na remoção de células, tecidos ou órgãos vivos, em funcionamento, de um organismo e sua transferência de volta ao mesmo organismo ou em um organismo diferente. O tipo... leia mais ), um maior risco de reação adversa medicamentosa grave é, normalmente, mais aceitável.

As pessoas podem ter diferentes perspectivas sobre a qualidade de vida e os riscos que são dispostas a aceitar. Por exemplo, algumas pessoas estão mais dispostas do que outras a aceitar os efeitos adversos de certos quimioterápicos para câncer pela pequena chance de prolongar a vida. As pessoas também diferem em quanto risco estão dispostas a aceitar. Por exemplo, um risco de 1 em 50 de ter sangramento sério devido a um medicamento pode ser inaceitável para algumas pessoas, mas parece razoável para as outras.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS