Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Luxações do cotovelo

Por

Danielle Campagne

, MD, University of San Francisco - Fresno

Última revisão/alteração completa jul 2019| Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

As luxações do cotovelo ocorrem quando a extremidade inferior do osso do braço (úmero) perde contato com as partes superiores (cabeça) dos ossos do antebraço (rádio e ulna). As luxações do cotovelo podem ser completas (as extremidades dos ossos não se tocam) ou parcial (parte dos ossos ainda se tocam). As luxações parciais são chamadas subluxações.

A maioria das luxações de cotovelo resulta de uma queda sobre um braço estendido. Podem ser acompanhadas de fraturas, lesões a nervos e, às vezes, lesão a uma artéria.

Luxações de cotovelo são comuns. Entretanto, para que um cotovelo seja totalmente luxado, geralmente é necessária uma força significativa. As luxações parciais do cotovelo (subluxações) são comuns entre crianças pequenas e geralmente resultam de muito menos força. As subluxações ocorrem, mas são muito menos comuns, entre bebês, crianças maiores e adultos.

Radiografias podem confirmar o diagnóstico de uma luxação de cotovelo.

Tratamento

  • Geralmente, manobras para recolocar a articulação no lugar (redução).

O tratamento de luxações de cotovelo geralmente envolve o seguinte:

  • Dar à pessoa um sedativo e um analgésico

  • Colocar a pessoa deitada de barriga para cima

  • Dobrar o cotovelo e rotacionar o antebraço gentilmente até que a palma da mão fique voltada para cima

  • Manter o braço para baixo

  • Puxar o pulso para cima até que a articulação volte ao lugar

Depois de ser recolocada no lugar, a articulação é verificada quanto a estabilidade, e uma radiografia é realizada para garantir que não se deixou de ver nenhuma fratura. Em seguida, costuma-se imobilizar a articulação, tipicamente com uma tala, por até uma semana até que a dor e o inchaço desapareçam. Depois iniciam-se exercícios de amplitude de movimento, e usa-se uma tipoia por duas a três semanas.

Subluxação da cabeça do rádio

(cotovelo de babá)

A subluxação da cabeça do rádio é a separação parcial dos ossos do cotovelo. A extremidade de um osso do antebraço (rádio) desliza para fora do lugar no cotovelo.

  • A subluxação da cabeça do rádio, que é comum em crianças pequenas, pode ocorrer quando o responsável puxa a criança para frente ou agarra a criança pelo pulso.

  • O único sinal pode ser a recusa da criança em mover o braço afetado.

  • Os médicos suspeitam de subluxação da cabeça do rádio com base na descrição de como ela aconteceu, nos sintomas e nos resultados de um exame físico.

  • Os médicos geralmente manipulam os ossos de volta ao lugar sem fazer uma incisão e sem a necessidade de sedativos ou de analgésicos.

Esta lesão costuma ocorrer em crianças pequenas (de cerca de 2 a 3 anos de idade). Em crianças pequenas, a cabeça do rádio (um dos ossos do antebraço) é pequena o suficiente para deslizar através dos ligamentos que mantêm o cotovelo no lugar. A cabeça do rádio pode deslizar através dos ligamentos quando um dos pais ou outro cuidador puxa uma criança relutante para frente ou pega a criança pelo pulso durante uma queda, ações que muitos cuidadores não lembram. À medida que as crianças crescem, a cabeça do rádio aumenta de forma que, por fim, a cabeça do rádio fica grande demais para deslizar facilmente para fora do lugar.

Sintomas

O cotovelo pode ficar apenas levemente sensível. Como crianças pequenas geralmente não conseguem descrever seus sintomas, o único sinal desta lesão pode ser a relutância em mover o braço. O braço pode balançar para baixo pelo lado do corpo, às vezes ligeiramente voltado para dentro. Ou as crianças podem segurar o braço em uma posição dobrada contra seu corpo. Os pais ou outros cuidadores não devem tentar mover o braço.

As crianças podem chorar quando ocorre a lesão, mas depois se acalmar e continuar a agir normalmente, exceto que elas não usam o braço machucado.

Diagnóstico

  • Avaliação de um médico

Se crianças pequenas apresentarem sintomas sugestivos de subluxação do cotovelo, os pais ou outros cuidadores devem levá-las ao médico, mesmo se o cotovelo voltar ao lugar por si só.

Os médicos suspeitam desta lesão baseados na descrição de como ela aconteceu, nos sintomas e nos resultados de um exame físico.

As radiografias não mostram a lesão e, portanto, podem não ser tiradas.

Prevenção

Para prevenir a subluxação do cotovelo em crianças pequenas, os pais e cuidadores

  • Não devem puxar bruscamente a mão, o pulso ou o antebraço das crianças

  • Não devem erguer crianças somente por um braço, pulso ou mão

  • Não devem balançar as crianças pelas mãos ou o antebraço

  • Devem levantar crianças segurando-as por baixo dos braços ou ambos os braços

Tratamento

  • Geralmente, manobras para recolocar a articulação no lugar.

Os médicos geralmente tentam recolocar a articulação no lugar (chamado redução). Em geral, não são necessários sedativos ou analgésicos. Quando o osso volta para o lugar, pode-se ouvir um leve estalido ou clique. As crianças podem começar a mover o cotovelo depois de uns dez a vinte minutos. Se elas não conseguirem movê-lo, os médicos podem tirar radiografias do cotovelo. Se as crianças conseguem mover a articulação, ela não precisará ser radiografada nem imobilizada.

Se depois de 24 horas as crianças continuarem a sentir dor ou se ainda não conseguirem usar o braço, a articulação pode não estar completamente no lugar ou um osso pode estar fraturado. Nesses casos, as crianças devem ser novamente avaliadas por um médico.

Com o tratamento, a maioria das crianças se recupera completamente. Todavia, 20 a 40% delas voltam a luxar o cotovelo.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Cotovelo de tenista
Vídeo
Cotovelo de tenista
O sistema esquelético é o arcabouço do corpo. Ele confere formato ao corpo, protege órgãos...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Ruptura do tendão patelar
Modelo 3D
Ruptura do tendão patelar

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS