Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Periostite tibial

Por

Paul L. Liebert

, MD, Tomah Memorial Hospital, Tomah, WI

Última revisão/alteração completa fev 2020| Última modificação do conteúdo fev 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A periostite tibial refere-se a dores na parte inferior das pernas que pode derivar de várias causas, mas que é tipicamente causada por atividades de corrida ou caminhada vigorosa.

  • A dor pode surgir na parte anterior ou posterior da perna abaixo do joelho.

  • A aplicação de gelo, a administração de analgésicos e a prática de exercícios de alongamento podem ajudar.

A aplicação de forças de impacto repetitivas nas pernas durante atividades de corrida ou caminhada vigorosa pode sobrecarregar os músculos e tendões das pernas e causar dores na tíbia. A rotação excessiva do pé para fora na perna (supinação) pode também causar ou agravar a periostite tibial.

Periostite tibial

A periostite tibial pode se desenvolver nos músculos nas partes anteriores e externas da tíbia (periostite tibial anterolateral) ou nas partes posteriores e internas (periostite tibial posteromedial). A pessoa sente dor em diferentes áreas, dependendo dos músculos afetados.

Periostite tibial

Sintomas de periostite tibial

A dor pode surgir a parte externa anterior da perna ou na parte interna posterior da mesma. A dor causada por uma periostite tibial surge tipicamente no início da atividade, mas diminui posteriormente à medida que a atividade continua. A princípio, a dor só se manifesta imediatamente após o calcanhar tocar no chão, ao correr ou caminhar. Quando a pessoa continua a correr, a dor surge a cada passo, acabando por se tornar constante. A dor geralmente desaparece com repouso.

Diagnóstico de periostite tibial

  • Avaliação de um médico

O médico estabelece o diagnóstico de periostite tibial com base nos sintomas e no resultado de um exame físico.

Tratamento de periostite tibial

  • Fazer repouso

  • Reabilitação

A corrida deve ser interrompida até não causar qualquer dor. A aplicação de gelo e a utilização de medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) podem aliviar a dor. O condicionamento pode ser mantido por meio de exercícios alternativos, tais como natação.

Assim que a dor da tíbia começar a desaparecer, podem ser praticados exercícios para alongar e fortalecer os músculos das pernas, como um exercício em que se sustenta um balde pela alça no pé. Estes exercícios são importantes para evitar a recorrência. Utilizar calçado de apoio com contrafortes de calcanhar rígidos e apoios para o arco do pé e evitar corrida constante em superfícies inclinadas ou duras pode ajudar a prevenir a recorrência de periostite tibial.

Exercícios de alongamento e fortalecimento dos músculos das pernas
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Fraturas por estresse do pé
Algumas mulheres e meninas que se exercitam arduamente apresentam um quadro clínico conhecido como tríade da mulher atleta. Como resultado, elas podem correr risco de fraturas por estresse. A tríade da mulher atleta consiste em perturbação dos hábitos alimentares, osteoporose e qual das opções a seguir?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS