Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Embolia gasosa arterial

(Embolia gasosa)

Por

Richard E. Moon

, MD, Duke University Medical Center

Avaliação/revisão completa jun 2021
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE

A embolia gasosa arterial é uma obstrução do provimento de sangue aos órgãos causada por bolhas em uma artéria. É a principal causa de morte entre os mergulhadores, tal como no mergulho com escafandro, em que respiram ar comprimido.

  • Depois de alguns minutos após ter sido alcançada a superfície, os mergulhadores podem perder consciência ou desenvolver sintomas semelhantes aos de um acidente vascular cerebral Acidente vascular cerebral (AVC) .

  • As pessoas recebem oxigênio, são deitadas e enviadas, assim que possível, para uma câmara de recompressão.

As bolhas de ar podem entrar no sangue arterial ou venoso (embolia gasosa – veja Tipos incomuns de êmbolos Tipos incomuns de êmbolos A embolia pulmonar é a obstrução de uma artéria do pulmão (artéria pulmonar) pelo acúmulo de material sólido trazido através da corrente sanguínea (êmbolo), geralmente um coágulo de sangue ... leia mais ) após barotrauma pulmonar Barotrauma pulmonar O barotrauma é uma lesão do tecido provocada por uma mudança de pressão que comprime ou expande os gases existentes em várias estruturas corporais. Os pulmões, o trato gastrointestinal, uma... leia mais ou doença de descompressão Doença de descompressão A doença da descompressão é um distúrbio no qual o nitrogênio dissolvido no sangue e nos tecidos devido a uma pressão elevada forma bolhas quando a pressão diminui. Os sintomas podem incluir... leia mais . Quando as bolhas aparecem nas artérias, elas podem circular em direção a qualquer órgão do corpo e bloquear vasos sanguíneos pequenos, mais comumente os do cérebro, mas também do coração, da pele e dos rins. Uma embolia gasosa muito grande pode obstruir o fluxo nas câmaras cardíacas ou nas grandes artérias. Quando há bolhas nas veias, elas podem migrar para as artérias por causa de defeitos cardíacos como forame oval patente ou defeito do septo atrial Defeitos dos septos atriais e ventriculares Os defeitos dos septos atriais e ventriculares são orifícios nas paredes (septos) que dividem o coração em dois lados, o esquerdo e o direito. Pode haver orifícios nas paredes do coração, entre... leia mais Defeitos dos septos atriais e ventriculares .

A embolia gasosa arterial (às vezes designada como EGA na literatura sobre mergulho) é uma das principais causas de morte entre mergulhadores.

Sintomas

Os sintomas da embolia gasosa arterial geralmente surgem ao fim de alguns minutos após ter sido alcançada a superfície. A embolia gasosa arterial no cérebro é semelhante a um acidente vascular cerebral, que tem como resultado confusão e paralisia parcial ou perda de sensação. Algumas pessoas sofrem perda de consciência repentina ou convulsões. Uma embolia gasosa arterial grave pode levar a choque Choque O choque é um quadro clínico com risco à vida, em que o fluxo sanguíneo é baixo, diminuindo o fornecimento de oxigênio e causando danos a esses órgãos e, às vezes, morte. A pressão arterial... leia mais e morte.

Outros sintomas podem resultar de um barotrauma pulmonar subjacente ou doença de descompressão, ou de embolia gasosa arterial em qualquer dos seguintes:

  • Artérias do coração (ataque cardíaco, ritmo cardíaco anormal, parada cardíaca)

  • Pele (manchas cutâneas preto-azuladas, língua pálida)

  • Rins (sangue ou proteína na urina, insuficiência renal aguda)

Diagnóstico

  • Baseado em histórico de mergulho e perda de consciência

Quando mergulhadores perdem a consciência durante ou logo depois da subida presume-se que tenham embolia gasosa arterial. Eles devem ser tratados imediatamente. Os exames de diagnóstico por imagem são, por vezes, realizados, mas nem sempre confiáveis.

Você sabia que...

  • Deve-se considerar que qualquer mergulhador que perde a consciência logo após a chegada à superfície tem embolia gasosa arterial e deve ser avaliado clinicamente e recomprimido de imediato.

Tratamento

As pessoas com embolia arterial gasosa são colocadas deitadas imediatamente e recebem oxigênio. Elas devem retornar assim que possível a um ambiente de alta pressão, para que as bolhas de ar sejam comprimidas e forçar a se dissolverem no sangue. Muitos centros médicos possuem câmaras de pressão elevada (de recompressão ou hiperbárica) para este objetivo.

Voar, mesmo que seja à baixa altitude, reduz a pressão atmosférica e faz com que as bolhas se expandam mais, mas o transporte aéreo pode ser justificável caso desta forma se ganhe tempo substancial na deslocação das pessoas para uma câmara adequada. Se possível, as pessoas devem viajar em um avião, cuja pressurização seja equivalente à do nível do mar, ou o avião deve voar a uma altitude baixa, conforme as normas de segurança. Também se recomenda a respiração de oxigênio.

Mais informações

Os seguintes recursos em inglês podem ser úteis. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo desses recursos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS