Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Ruptura prematura da placenta

Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que é a placenta?

  • A placenta é um órgão que cresce dentro do corpo da mulher na parte superior do útero quando ela está grávida

  • Ela tem muitos vasos sanguíneos de grande calibre que transportam oxigênio e nutrientes da mãe para o bebê

  • Os vasos sanguíneos da placenta formam o cordão umbilical para conectar a placenta ao bebê

  • Aproximadamente 15 minutos após o nascimento do bebê, a placenta se descola do útero e sai pela vagina

  • Esse processo também é conhecido como “dequitadura”

O que é ruptura prematura da placenta?

O quadro clínico em que a placenta começa a se desprender do útero antes do parto é denominado ruptura prematura da placenta. Esse descolamento da placenta pode ser leve ou acentuado. Quanto mais acentuado for o descolamento, mais perigoso é para a mãe e para o bebê.

  • É mais provável que a ruptura prematura da placenta ocorra após 20 semanas de gestação

  • Se o descolamento foi apenas leve, o bebê pode deixar de crescer tanto quanto deveria ou pode haver muito pouco líquido amniótico

  • Se o descolamento da placenta for total, o bebê pode morrer

  • Para tratar a ruptura prematura da placenta, o médico interna a mulher no hospital e o parto possivelmente será antecipado

Os médicos geralmente não sabem por que ocorre a ruptura prematura da placenta. Contudo, isso tem mais propensão de ocorrer se a mulher:

Problemas com a placenta

Normalmente, a placenta está localizada na parte superior do útero, firmemente fixada à parede do útero até após o nascimento do bebê. A placenta transporta oxigênio e nutrientes da mãe para o feto.

Na ruptura prematura da placenta (abruptio placentae), a placenta se separa da parede uterina prematuramente, causando sangramento do útero e redução do suprimento de oxigênio e nutrientes ao feto. A mulher que tem essa complicação será internada no hospital e o parto possivelmente será antecipado.

Na placenta prévia, a placenta está localizada sobre ou perto do colo do útero, na parte inferior do útero. A placenta prévia pode causar sangramento indolor que começa repentinamente no final da gestação. O sangramento pode ser abundante. O bebê normalmente nasce de cesariana.

Problemas com a placenta

Quais são os sintomas da ruptura prematura da placenta?

Os sintomas dependem do grau de descolamento da placenta do útero, mas podem incluir:

De que maneira o médico sabe que a mulher tem ruptura prematura da placenta?

De que maneira o médico trata a ruptura prematura da placenta?

O médico interna a mulher no hospital para que ela possa ficar sob observação. É possível que a mulher receba um medicamento para ajudar com o desenvolvimento dos pulmões do bebê no caso de ser necessário antecipar o parto.

Se os sintomas começarem a melhorar, o médico libera a mulher para caminhar um pouco e pode até mesmo deixar a mulher voltar para casa.

O médico faz o parto do bebê assim que possível se:

  • O sangramento não parar

  • A vida do bebê estiver em perigo

  • A gestação já passou de 36 semanas

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Infecções do útero pós-parto
As infecções maternas que surgem após o parto do bebê, geralmente, começam no útero. Qual dos seguintes tipos de parto aumenta a probabilidade de desenvolver uma infecção uterina?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS