honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Fatos rápidos

COVID-19

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa dez 2020| Última modificação do conteúdo dez 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma infecção viral potencialmente grave que afeta os pulmões e as vias respiratórias.

  • Ela é causada por um novo tipo de coronavírus

  • O vírus é transmitido muito facilmente para outras pessoas

  • Atualmente, a COVID-19 está ocorrendo no mundo inteiro

  • Algumas pessoas infectadas não apresentam sintomas, mas outras ficam muito doentes, e algumas morrem

  • Os médicos examinam o material coletado do nariz ou da garganta com cotonetes para diagnosticar a COVID-19

  • Nenhum medicamento cura a COVID-19, mas alguns podem ajudar as pessoas com infecção grave, e os médicos estão sempre testando outros medicamentos.

  • Foram desenvolvidas vacinas contra a COVID-19 e estão começando a ser administradas a pessoas nos Estados Unidos e em todo o mundo

O que é uma pandemia?

A COVID-19 é uma pandemia. Trata-se de uma infecção que está se disseminando rapidamente em muitas partes do mundo ao mesmo tempo.

O que causa a COVID-19?

A COVID-19 é causada por um novo tipo de coronavírus, chamado SARS-CoV-2. Os médicos o chamam de vírus novo porque ele ainda não havia aparecido antes. Ele sofreu recentemente uma alteração (mutação) a partir de um tipo de coronavírus que infecta morcegos.

O vírus se dissemina:

  • Pelo ar, em gotículas que uma pessoa infectada dissemina ao tossir, espirrar, cantar ou falar

  • Ao tocar em objetos nos quais as pessoas infectadas tocaram e depois tocar a própria face

Diferente do que ocorre com muitos vírus respiratórios, o vírus que causa a COVID-19 pode ser transmitido antes que a pessoa manifeste qualquer sintoma. Se uma pessoa não souber que tem o vírus, ela pode transmiti-lo sem nem sequer saber.

Além disso, a COVID-19 é transmitida de pessoa para pessoa com muito mais facilidade do que outras infecções respiratórias, como resfriados ou a gripe.

O que é um coronavírus?

Existem centenas de coronavírus diferentes, que estão todos relacionados. A maioria deles infecta somente animais.

  • Apenas alguns coronavírus podem infectar pessoas

  • Alguns deles causam apenas resfriados

  • Três tipos de coronavírus causam doenças muito graves, que podem ser fatais

Além da COVID-19, as outras infecções graves por coronavírus são chamadas de SARS e MERS. Dificilmente alguém ainda contrai essas infecções.

Quais são os sintomas da COVID‑19?

Muitas pessoas com COVID-19, principalmente crianças, não apresentam quase nenhum sintoma.

Se você manifestar sintomas, provavelmente terá:

  • Febre

  • Tosse seca

  • Dificuldade em respirar

  • Sensação de muita fraqueza e cansaço

Você também pode apresentar:

  • Coriza e dor de garganta

  • Perda do olfato e do paladar

  • Dores de cabeça

  • Problemas no estômago, como enjoo, vômito e diarreia

Uma infecção séria penetra profundamente nos pulmões, causando pneumonia viral. Isso fará com que sinta muita falta de ar. Uma infecção séria também pode afetar muitos órgãos, incluindo o cérebro, o coração e os rins.

A COVID-19 é fatal?

Uma pessoa pode morrer de COVID-19. Quanto mais velha a pessoa, maior é o risco de morte. A maioria das mortes ocorre em pessoas com mais de 50 anos de idade. As pessoas com mais de 80 anos têm um risco muito alto. Mas até mesmo crianças e adultos jovens podem morrer.

Você também apresenta um risco maior se você tiver outros problemas de saúde, como doença do coração, obesidade ou diabetes.

Como os médicos sabem se eu tenho COVID-19?

O exame mais comum utiliza:

  • Um esfregaço coletado com cotonete do nariz ou da garganta

A amostra é enviada para um laboratório para identificar o vírus ou outras evidências de infecção.

Um exame de sangue pode detectar anticorpos produzidos pelo sistema imunológico para se defender contra o vírus. O corpo demora algumas semanas para fabricar esses anticorpos; portanto, esse exame não é útil logo que alguém fica doente. Mas ele pode ajudar a dizer se você já chegou a ser infectado.

Se você tiver falta de ar, os médicos geralmente:

  • Pedirão uma radiografia do tórax para verificar se está com pneumonia

  • Medirão o nível de oxigênio no sangue com um sensor na ponta do dedo

Como a COVID-19 é tratada?

Se você apresentar um caso leve ou moderado, deverá:

  • Permanecer em casa e não sair, nem se aproximar de outras pessoas (isolamento)

  • Usar uma máscara para não propagar o vírus

  • Tomar paracetamol ou ibuprofeno para alívio da febre e das dores

Se o caso for grave, com problemas respiratórios, será necessário procurar o hospital. Os médicos irão:

  • Administrar oxigênio

  • Às vezes, dar a você remdesivir (um medicamento antiviral) e/ou dexametasona (um medicamento anti-inflamatório)

  • Às vezes, colocá-lo em um ventilador (máquina para ajudá-lo a respirar)

Pode ser necessário permanecer ligado a um ventilador por até algumas semanas.

Não há medicamentos que, comprovadamente, matem o vírus, mas os médicos estão testando alguns que poderiam ajudar.

Se você tiver problemas nos rins, pode precisar de diálise.

Como posso prevenir a COVID-19?

A melhor maneira de prevenir a COVID-19 é evitar a exposição ao vírus. As pessoas que podem transmitir o vírus podem não apresentar nenhum sintoma, de modo que você não consegue saber quem o tem e quem não o tem.

É importante

  • Manter cerca de 2 metros (6 pés) de distância das pessoas que não moram na sua casa (“distanciamento social”) e 

  • Usar uma máscara sobre a boca e o nariz quando estiver perto de pessoas que não moram com você

As seguintes medidas também ajudarão:

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos vinte segundos.

  • Use um produto de higiene das mãos à base de álcool.

  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas

  • Ao tossir ou espirrar, cubra o nariz e a boca com um lenço e depois jogue o lenço no lixo

  • Use um pano ou borrifador com desinfetante doméstico para limpar objetos nos quais as pessoas tocam com frequência, como maçanetas, telefones, controles remotos e bancadas

O que significa fazer quarentena ou isolar-se?

Para ajudar a prevenir que o vírus se dissemine, algumas pessoas devem ficar longe das demais, seja fazendo quarentena ou isolando-se. Se você apresentar sintomas da COVID-19, tiver resultado positivo no teste para COVID-19 ou tiver “contato próximo” com alguém com COVID-19, você precisa se isolar ou fazer quarentena.

Você teve um contato próximo se

  • Esteve a cerca de 2 metros (6 pés) de distância de uma pessoa infectada (com ou sem máscara) por, pelo menos, 15 minutos, incluindo 2 dias antes de essa pessoa apresentar sintomas

  • Prestou cuidados na casa de alguém doente por COVID-19

  • Tiveram contato físico direto com uma pessoa doente (abraçaram ou beijaram essa pessoa)

  • Compartilhou utensílios para comer ou beber

  • Esteve dentro do alcance das gotículas respiratórias de uma pessoa doente (por exemplo, por meio de um espirro ou tosse)

A quarentena se destina a pessoas que tiveram contato próximo. Pessoas que tiveram um contato próximo podem não saber se têm o vírus ou não, porque o vírus pode levar 14 dias para deixá-las doentes ou aparecer em um teste. O objetivo da quarentena é manter pessoas que tiveram um contato próximo longe das demais até que esses 14 dias terminem. Se você teve um contato próximo, você precisa fazer quarentena por 14 dias mesmo se:

  • Você não teve sintomas

  • Você teve resultado negativo no teste – mesmo se teve resultado negativo durante os 14 dias, você ainda precisa fazer a quarentena pelo restante dos 14 dias

O isolamento se destina a pessoas com COVID-19. Se você teve um contato próximo, mas depois apresentou sintomas ou teve resultado positivo, você precisa se isolar. Quaisquer dias que você tenha passado em quarentena não contam nos 10 dias (pelo menos) em que você precisa se isolar. Você deve se isolar caso você:

  • Esteja doente com sintomas de COVID-19, mas não tenha sido testado

  • Tenha tido resultado positivo no teste (tendo ou não apresentado sintomas)

O isolamento, em geral, pode terminar 10 dias após o início dos sintomas, desde que você não tenha apresentado febre, não tenha tomado medicamentos para abaixar a febre, e que seus sintomas estejam melhorando. Se você nunca apresentou sintomas, você pode encerrar o isolamento 10 dias após a data do seu primeiro resultado positivo no teste.

Por que pessoas que talvez nem tenham o vírus precisam fazer quarentena por 14 dias, mas pessoas que realmente têm COVID-19 podem precisar se isolar apenas por 10 dias?

  • Antes de apresentar sintomas ou ter um resultado positivo no teste, você pode estar contagioso (capaz de transmitir o vírus). Pode levar 14 dias após a exposição ao vírus para que ele o deixe doente ou apareça em um teste (chamado de período de incubação). É por isso que você precisa se isolar por 14 dias, mesmo se no fim você nem tiver tido o vírus. Não há como saber que você não estava contagioso até que os 14 dias terminem.

  • Logo que você estiver doente ou tiver um resultado positivo no teste para COVID-19, o período de 14 dias não importa mais. Não importa quantos dias você esteve em quarentena (0 a 14 dias), é depois que descobrir que tem COVID-19 que você deve iniciar a contagem dos 10 dias de isolamento. Os cientistas descobriram que muito provavelmente você não estará contagioso 10 dias após o primeiro momento em que se sentiu doente ou teve resultado positivo no teste (a menos que você ainda apresente febre).

O que é o rastreamento de contatos?

O rastreamento de contatos é quando os departamentos de saúde buscam por pessoas que tiveram contato com alguém que apresenta determinadas infecções, incluindo COVID-19. Os rastreadores de contatos informam que você pode ter sido exposto a alguém com COVID-19, ajudam que você seja testado e conversam com você sobre isolamento ou quarentena. A cooperação com os rastreadores de contatos ajuda a retardar a disseminação da COVID-19 na comunidade.

Há uma vacina para a COVID-19?

Foram desenvolvidas vacinas contra a COVID-19 e duas delas estão começando a ser administradas a pessoas nos Estados Unidos e em todo o mundo. Essas duas vacinas são administradas como uma série de duas injeções em um músculo com cerca de três ou quatro semanas de intervalo, dependendo de qual vacina você receber. Você não pode receber a vacina se tiver tido uma reação alérgica grave a uma dose anterior da vacina ou a qualquer componente na vacina. Outras vacinas diferentes também estão sendo testadas e podem estar disponíveis em 2021.

Algumas pessoas podem apresentar efeitos colaterais leves com a vacina incluindo:

  • Dor, inchaço e vermelhidão onde você recebeu a injeção

  • Sensação de cansaço

  • Dor de cabeça

  • Dor muscular

  • Calafrios

  • Dor nas articulações

  • Febre

  • Náusea

  • Mal-estar geral

  • Linfonodos inchados

Os efeitos colaterais normalmente duram vários dias. Mais pessoas sofrem efeitos colaterais depois da segunda dose do que após a primeira dose.

Existe uma pequena chance de desenvolver uma reação alérgica grave. Ela geralmente acontece dentro de poucos minutos a uma hora após tomar uma dose da vacina e requer tratamento de emergência (ligar para a assistência médica de emergência, [911 nos Estados Unidos] ou ir para o hospital mais próximo). Os sinais de uma reação alérgica grave incluem:

  • Dificuldade em respirar

  • Inchaço do rosto e da garganta

  • Batimento cardíaco acelerado

  • Uma erupção pruriginosa importante em todo o corpo

  • Sentir tontura e fraqueza

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS