Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Diverticulose

Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O intestino é o tubo longo no sistema digestivo que realiza a digestão dos alimentos e a absorção de nutrientes. As pessoas têm um intestino delgado e um intestino grosso. O intestino grosso (cólon) liga o intestino delgado ao reto (a bolsa na extremidade do intestino grosso onde as fezes são armazenadas até serem eliminadas).

O que é a diverticulose?

Na diverticulose, ocorre a formação de várias bolsas ou sacos minúsculos no intestino grosso. Essas bolsas são denominadas divertículos.

Intestino grosso com divertículos

Divertículos são bolsas com formato de balão que podem surgir no intestino grosso.

Intestino grosso com divertículos

O que causa a diverticulose?

A diverticulose é provavelmente causada por pressão elevada no intestino. Uma dieta pobre em fibras pode causar o aumento da pressão. Esse aumento na pressão faz com que pontos fracos na parede do intestino se projetem, o que cria a bolsa ou saco.

A diverticulose costuma ocorrer após os 40 anos de idade. A sua frequência aumenta conforme a pessoa envelhece. Quase todas as pessoas que chegam aos 90 anos de idade têm diverticulose.

Quais são os sintomas de diverticulose?

A maioria das pessoas com diverticulose não tem sintomas, salvo em algumas ocasiões, quando a pessoa sente:

  • Constipação

  • Cólicas abdominais

  • Distensão abdominal

Às vezes, ocorre hemorragia de uma dessas bolsas, o que faz com que a pessoa tenha sangue nas fezes. A hemorragia costuma cessar espontaneamente, mas ela pode ser intensa.

Como o médico sabe que a pessoa tem diverticulose?

De que maneira o médico trata a diverticulose?

Os médicos não tratam a diverticulose propriamente dita, mas eles podem tentar prevenir suas complicações ao reduzir a pressão no intestino. Eles pedirão à pessoa que:

  • Consuma uma dieta rica em fibras (muitas verduras, frutas e grãos integrais)

  • Beber muito líquido

  • Às vezes, consumir farelo ou tomar suplementos para aumentar o bolo fecal

A maioria das hemorragias cessa sem tratamento. Caso isso não aconteça, com frequência o médico fará uma colonoscopia para:

  • Estancar a hemorragia por meio da aplicação de calor ou laser

  • Injetar um medicamento na região

Caso os tratamentos por colonoscopia não estanquem a hemorragia, é possível que o médico faça uma angiografia Angiografia O radical “angio” é um termo médico que significa vasos sanguíneos, e o radical “grafia” tem a ver com imagens (por exemplo, fotografia). Dessa forma, angiografia significa fazer imagens dos... leia mais . Durante uma angiografia, o médico insere um tubo fino em um dos vasos sanguíneos até chegar ao ponto que está sangrando. Então, ele injeta substâncias que bloqueiam o vaso hemorrágico. As pessoas raramente precisam de cirurgia para estancar a hemorragia.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

OUTROS TÓPICOS NESTE CAPÍTULO

Doença diverticular
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Paralisia das cordas vocais
A paralisia das cordas vocais é a incapacidade de mover os músculos que controlam as cordas vocais. A paralisia pode afetar uma ou as duas cordas vocais. A paralisia de ambas as cordas vocais é potencialmente fatal. Das opções seguintes, qual é a causa mais provável de paralisia de ambas as cordas vocais?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS