Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Transtorno Alimentar Restritivo Evitativo

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa abr 2018| Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que é o Transtorno Alimentar Restritivo Evitativo (TARE)?

O TARE é um transtorno alimentar que faz com que a pessoa coma muito pouco ou evite comer certos alimentos. As pessoas com TARE não estão com medo de engordar. Diferentemente das pessoas com anorexia, elas não acreditam que estão com excesso de peso quando de fato não estão.

  • Ele costuma causar a perda de peso em adultos

  • Ele pode ser causado por uma má experiência com alimentos como, por exemplo, engasgo

  • É possível que crianças e bebês não cresçam como esperado

  • Ele pode causar problemas nutricionais com risco de morte

As pessoas com TARE costumam ter problemas em situações sociais como, por exemplo, comer com outras pessoas ou fazer parte de relacionamentos.

O TARE costuma começar durante a infância. Ele pode ter início em crianças que não estão interessadas em comer ou não gostam da sensação da comida na boca. Ele é diferente de uma criança que é enjoada para comer, porque essas crianças:

  • São apenas enjoadas para comer alguns tipos de alimentos

  • Comem uma quantidade normal de comida em geral

  • Ainda crescem como esperado, mas isso pode não acontecer com crianças com TARE

Como o médico sabe que a pessoa tem TARE?

O médico checa para ver se a perda de peso não está sendo causada por um problema de saúde física como, por exemplo, uma alergia alimentar, câncer ou um problema com a digestão de alimentos. O médico também leva em consideração outros problemas de saúde mental que podem causar a perda de peso.

De que maneira o médico trata o TARE?

O médico pode sugerir terapia para ajudar uma pessoa a se sentir menos ansiosa sobre o que come. A pessoa pode receber suplementos nutricionais.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS