Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Acidose tubular renal (ATR)

Por

L. Aimee Hechanova

, MD, Texas Tech University Health Sciences Center, El Paso

Última revisão/alteração completa nov 2020| Última modificação do conteúdo nov 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Na acidose tubular renal, o mau funcionamento dos túbulos renais, resultando em níveis excessivos de ácido no sangue.

Para funcionar normalmente, os ácidos e álcalis do corpo (como bicarbonato) devem estar equilibrados. Normalmente, a decomposição dos alimentos produz ácidos que circulam no sangue. Os rins eliminam esses ácidos do sangue e os excretam pela urina. Esta função é realizada essencialmente pelos túbulos renais Introdução aos distúrbios dos túbulos renais Os rins filtram e limpam o sangue. Eles também mantêm o equilíbrio de água, eletrólitos (como sódio, potássio, bicarbonato e cloro) no corpo e nutrientes no sangue. Os rins iniciam essas tarefas... leia mais . Na acidose tubular renal, os túbulos renais entram em mau funcionamento de uma de duas maneiras que tendem a aumentar os ácidos no sangue (acidose metabólica Acidose A acidose é provocada por um excesso de produção de ácido que se acumula no sangue ou por uma perda excessiva de bicarbonato no sangue (acidose metabólica) ou por um acúmulo de dióxido de carbono... leia mais ):

  • Muito pouco dos ácidos produzidos pelo corpo são excretados, de forma que os níveis de ácido no sangue aumentam.

  • Muito pouco do bicarbonato que é filtrado através dos túbulos renais é reabsorvido, de modo que bicarbonato demais é perdido na urina.

Na acidose tubular renal, o equilíbrio dos eletrólitos também é afetado. A acidose tubular renal pode conduzir aos seguintes problemas:

A acidose tubular renal pode ser um distúrbio hereditário permanente em crianças. Entretanto, pode ser um problema intermitente nas pessoas que têm outros distúrbios, como diabetes mellitus Diabetes mellitus (DM) O diabetes mellitus é uma doença na qual o organismo não produz uma quantidade suficiente de insulina ou não responde normalmente à insulina, fazendo com que o nível de açúcar (glicose) no sangue... leia mais , anemia falciforme Anemia falciforme A anemia falciforme é uma anormalidade da hemoglobina (a proteína transportadora de oxigênio encontrada em glóbulos vermelhos), herdada geneticamente, caracterizada por glóbulos vermelhos em... leia mais Anemia falciforme ou um distúrbio autoimune (como lúpus eritematoso sistêmico Lúpus eritematoso sistêmico (LES) O lúpus eritematoso sistêmico é uma doença inflamatória autoimune crônica do tecido conjuntivo, que pode envolver as articulações, rins, pele, membranas mucosas e paredes dos vasos sanguíneos... leia mais Lúpus eritematoso sistêmico (LES) [LES ou lúpus]). A acidose tubular renal também pode ser um quadro clínico temporário que surge devido a uma obstrução do trato urinário Obstrução do trato urinário A obstrução do trato urinário é um bloqueio que inibe o fluxo da urina através de seu trajeto normal (o trato urinário), incluindo os rins, ureteres, bexiga e uretra. O bloqueio pode ser completo... leia mais ou a medicamentos, como acetazolamida, anfotericina B, inibidores da enzima conversora da angiotensina (ECA), bloqueadores do receptor da angiotensina II (BRAs) e diuréticos que conservam o potássio do corpo (chamados diuréticos poupadores de potássio).

Há quatro tipos de acidose tubular renal, do tipo 1 ao tipo 4. Os tipos são distinguidos pela anormalidade específica na função renal que causa acidose. Todos os quatro tipos são incomuns, mas o tipo 4 é o mais comum e o tipo 3 é extremamente raro.

Tabela
icon

Sintomas de ATR

Muitas pessoas não apresentam sintomas. A maioria desenvolve sintomas somente depois do distúrbio estar presente por um longo período de tempo. Quais sintomas finalmente se desenvolvem depende do tipo de acidose tubular renal.

Tipos 1 e 2

Quando os níveis de potássio no sangue são baixos, como acontece nos tipos 1 e 2, podem ocorrer problemas neurológicos, como fraqueza muscular, diminuição dos reflexos e até paralisia. No tipo 1, pode haver o desenvolvimento de cálculos renais Cálculos no trato urinário Os cálculos (pedras) são massas duras que se formam no trato urinário e podem provocar dor, hemorragia ou infecção ou bloqueio do fluxo da urina. Cálculos minúsculos podem não causar sintomas... leia mais Cálculos no trato urinário , lesando as células renais e, por vezes, causando doença renal crônica Doença renal crônica A doença renal crônica é uma diminuição lenta e progressiva (durante meses ou anos) da capacidade dos rins de filtrar os resíduos metabólicos do sangue. As causas principais são diabetes e pressão... leia mais . No tipo 2 e, algumas vezes, no tipo 1, pode haver o desenvolvimento de dor óssea e osteomalácia em adultos e de raquitismo em crianças.

Tipo 4

No tipo 4, os níveis de potássio geralmente aumentam, embora seja incomum que cheguem a elevar-se ao ponto de causar sintomas. Se o nível aumentar muito, pode haver o desenvolvimento de ritmo cardíaco irregular e paralisia muscular.

Diagnóstico de ATR

  • Exames de sangue

  • Exames de urina

O médico considera o diagnóstico de acidose tubular renal do tipo 1 ou tipo 2 quando a pessoa tem determinados sintomas característicos (como fraqueza muscular, diminuição dos reflexos) e quando os exames revelam níveis elevados de ácido e níveis baixos de bicarbonato e potássio no sangue.

A suspeita de acidose tubular renal do tipo 4 ocorre quando níveis elevados de potássio são acompanhados por níveis altos de ácido e níveis baixos de bicarbonato no sangue. Os exames das amostras de urina e outros exames ajudam a determinar o tipo de acidose tubular renal.

Tratamento de ATR

  • Beber bicarbonato de sódio diariamente

O tratamento depende do tipo da doença.

Tipos 1 e 2

Os tipos 1 e 2 são tratados com a ingestão diária de uma solução de bicarbonato de sódio para neutralizar o ácido produzido pelos alimentos. Este tratamento alivia os sintomas e previne a insuficiência renal e a doença óssea ou impede que esses problemas se agravem. Outras soluções especialmente preparadas estão disponíveis e suplementos de potássio também podem ser necessários.

Tipo 4

No tipo 4, a acidose é tão leve que pode não ser necessária a ingestão de bicarbonato. Os altos níveis de potássio no sangue podem normalmente ser controlados restringindo a ingestão de potássio, evitando a desidratação, usando diuréticos que aumentam a perda de potássio e substituindo os medicamentos por outros ou ajustando as doses dos medicamentos.

Mais informações

O seguinte é um recurso em inglês que pode ser útil. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo desse recurso.

  • National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases (NIDDK): As informações de saúde apresentadas neste site são provenientes de pesquisas do NIDDK e incluem um insight sobre pesquisas em andamento e oportunidades atuais de financiamento, informações sobre saúde para o consumidor, em inglês e espanhol, um blog e programas comunitários de saúde e divulgação.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Bexiga neurogênica
Qual das opções a seguir é o principal sintoma de bexiga neurogênica?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS