Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Bexiga neurogênica

Por

Patrick J. Shenot

, MD, Thomas Jefferson University Hospital

Última revisão/alteração completa abr 2020| Última modificação do conteúdo abr 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

A bexiga neurogênica é a falta de controle da bexiga devido a um problema nervoso como acidente vascular cerebral, lesão da medula espinhal ou tumor.

  • Perda de urina incontrolável (incontinência urinária) é o sintoma principal.

  • É feita cateterização da bexiga, exames de imagem e outros exames para medir o fluxo de urina.

  • O tratamento visa o esvaziamento periódico da bexiga (por exemplo, por cateterização intermitente e/ou medicamentos).

A bexiga neurogênica pode ser

  • Flácida: uma bexiga flácida não se contrai e a bexiga se enche e transborda. Em seguida, a urina goteja.

  • Espástica: a pessoa tem contrações involuntárias da bexiga e sente a necessidade de urinar, mesmo quando há pouca ou nenhuma urina na bexiga. As contrações da bexiga são tipicamente coordenadas de maneira ruim com o músculo que fecha a abertura da bexiga (esfíncter urinário).

  • Mista: algumas pessoas têm elementos de ambas, bexiga flácida e espástica.

Qualquer quadro clínico que lesione ou interfira nos nervos que controlam a bexiga ou a saída da bexiga pode causar bexiga neurogênica.

Causas comuns incluem AVC Considerações gerais sobre o acidente vascular cerebral Um acidente vascular cerebral ocorre quando uma artéria no cérebro fica bloqueada ou se rompe, resultando na morte de uma área do tecido cerebral devido à perda do suprimento sanguíneo (infarto... leia mais , dano ou lesão da medula espinhal Lesões da medula espinhal e das vértebras A maioria das lesões da medula espinhal resulta de acidentes com veículos a motor, quedas, agressões e lesões provocadas por esportes. Os sintomas, tais como perda de sensação, perda da força... leia mais Lesões da medula espinhal e das vértebras , esclerose lateral amiotrófica Esclerose lateral amiotrófica (ELA) e outras doenças do neurônio motor (DNMs) As doenças do neurônio motor caracterizam-se pela deterioração progressiva das células nervosas que iniciam o movimento muscular. Como resultado, os músculos estimulados por esses nervos se... leia mais (ELA), doença de Parkinson Doença de Parkinson (DP) O cérebro é composto de substância cinzenta e branca contendo milhões de células nervosas. Essas células nervosas, ou neurônios, se comunicam através da liberação de substâncias químicas denominadas... leia mais , esclerose múltipla Esclerose Múltipla (EM) Na esclerose múltipla, são danificadas ou destruídas as zonas de mielina (a substância que cobre a maioria das fibras nervosas) e as fibras nervosas subjacentes no cérebro, nervos ópticos e... leia mais , neuropatia diabética Lesão nervosa no diabetes A pessoa com diabetes mellitus pode apresentar várias complicações de longo prazo que afetam muitas áreas do corpo, sobretudo os vasos sanguíneos, os nervos, os olhos e os rins. (consulte também... leia mais Lesão nervosa no diabetes e lesão nervosa causada por cirurgia pélvica.

Sintomas de bexiga neurogênica

O sintoma principal é a incontinência urinária Incontinência urinária em adultos A incontinência urinária é a perda involuntária de urina. A incontinência pode ocorrer em homens e mulheres em qualquer idade, mas é mais comum em mulheres e idosos, afetando cerca de 30% das... leia mais Incontinência urinária em adultos . As pessoas continuamente liberam pequenas quantidades de urina. Os homens tendem a ter disfunção erétil Disfunção erétil (DE) A disfunção erétil (DE) é a incapacidade de alcançar ou manter uma ereção satisfatória para poder ter relações sexuais (consulte também Considerações gerais sobre a disfunção sexual em homens)... leia mais . Algumas pessoas com bexiga neurogênica espástica também precisam urinar frequentemente, muitas vezes com uma necessidade urgente e a necessidade de levantar durante a noite para urinar. As pessoas com a bexiga neurogênica espástica podem ter lesão para outros nervos que causam fraqueza, espasmos musculares e/ou perda da sensação nas pernas.

Diagnóstico de bexiga neurogênica

  • Medição da quantidade de urina que fica na bexiga após a micção

  • Ultrassonografia do trato urinário

  • Às vezes exames mais detalhados, como cistografia

Os médicos podem suspeitar de bexiga neurogênica nas pessoas com distúrbios nervosos que têm incontinência. Normalmente, os médicos medem a quantidade de urina que permanece na bexiga após a pessoa urinar (volume residual pós-micção) pela inserção de um cateter na bexiga ou usando ultrassonografia. Também é feita uma ultrassonografia de todo o trato urinário para detectar anormalidades, e alguns exames de sangue são feitos para avaliar a função renal (Consulte Exames de imagem do trato urinário Exames de imagem do trato urinário Existe uma variedade de exames que podem ser utilizados ao avaliar uma suspeita de distúrbio renal ou do trato urinário. (Consulte também Considerações gerais sobre o trato urinário.) A radiografia... leia mais ).

Testes adicionais podem ser necessários, dependendo do quadro clínico da pessoa. Estudos mais detalhados do trato urinário (por exemplo, cistografia Cistografia ou cistouretrografia Existe uma variedade de exames que podem ser utilizados ao avaliar uma suspeita de distúrbio renal ou do trato urinário. (Consulte também Considerações gerais sobre o trato urinário.) A radiografia... leia mais , cistoscopia e cistometrografia) podem ser feitos para verificar a função renal ou para ajudar a determinar a duração e a causa da bexiga neurogênica.

Tratamento de bexiga neurogênica

  • Cateterismo (com cateterismo intermitente de longo prazo)

  • Manutenção da ingestão de líquidos

  • Cirurgia, raramente

O tratamento imediato pode ajudar a evitar disfunção permanente e lesão renal. A cateterização ou técnicas para ativar a micção podem ajudar a evitar que a urina permaneça tempo demais na bexiga. Por exemplo, algumas pessoas com bexiga espástica podem ativar a micção pressionando o baixo-ventre ou arranhando as coxas. Quando a urina fica retida na bexiga por tempo demais, a pessoa fica sob risco de infecções do trato urinário Considerações gerais sobre infecções do trato urinário (ITUs) Em pessoas saudáveis, a urina na bexiga é estéril – não tem bactérias ou outros micro-organismos infecciosos. O tubo que transporta a urina da bexiga até o exterior do corpo (uretra) não contém... leia mais . Inserir um cateter na bexiga periodicamente é, normalmente, mais seguro do que deixar o cateter continuamente colocado.

Mais informações sobre bexiga neurogênica

  • Urology Care Foundation: Informações de saúde atuais e abrangentes em urologia, incluindo um periódico para pacientes (Urology Health extra®) e atualizações de pesquisas

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Nefropatia de refluxo
O retorno de urina em pacientes com refluxo vesicoureteral (RVU) torna qual dos seguintes mais provável de se desenvolver?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS