Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Oftalmia simpática

Por

Kara C. LaMattina

, MD, Boston University School of Medicine

Última revisão/alteração completa jan 2019| Última modificação do conteúdo jan 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A oftalmia simpática é a inflamação do trato uveal (uveíte) que ocorre em um olho após lesão ou cirurgia no outro olho.

A oftalmia simpática é um tipo raro de uveíte que causa a formação de aglomerados anormais de células (granulomas). Esse distúrbio ocorre no olho lesionado após uma lesão perfurante (quando um lápis, caneta ou algo com ponta penetra no olho) ou após uma cirurgia no outro olho (lesionado). Com o tempo o trato uveal do olho lesionado fica inflamado. A uveíte surge de 2 a 12 semanas após a lesão ou cirurgia em cerca de 80% das pessoas afetadas. Muito raramente a oftalmia simpática surge antes de 1 semana ou passados 30 anos da lesão inicial ou da cirurgia.

Considerações gerais sobre o trato uveal

O trato uveal é composto por três estruturas: a íris, o corpo ciliar e a coroide.

Considerações gerais sobre o trato uveal

Causas

A causa da oftalmia simpática não é totalmente conhecida. Muitos médicos acreditam que ela é devida a uma disfunção do sistema imunológico do corpo, que leva o corpo a atacar o trato uveal não lesado.

Sintomas

Sintomas de oftalmia simpática costumam incluir moscas volantes e visão reduzida.

Diagnóstico

  • Avaliação de um médico

Os médicos baseiam o diagnóstico de oftalmia simpática em um exame do olho e se a pessoa sofreu uma lesão ou foi submetida a uma cirurgia recente no olho e se há uma inflamação em ambos os olhos.

Tratamento

  • Corticosteroides e imunossupressores

  • Algumas vezes retirada do olho

O tratamento da oftalmia simpática normalmente requer corticosteroides via oral mais outro tipo de medicamento que suprime o sistema imunológico (imunossupressores) e é administrado por longo tempo.

O médico pode decidir remover o olho gravemente lesionado em até 2 semanas da perda de visão para minimizar o risco de desenvolver oftalmia simpática no olho não lesionado. No entanto, o procedimento de remoção é realizado somente quando há completa perda de visão no olho lesionado e não há nenhuma chance de recuperação da visão.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Glaucoma
Vídeo
Glaucoma
No interior do olho existem duas câmaras cheias de líquido. O fluido intraocular, ou fluido...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Ceratocone
Modelo 3D
Ceratocone

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS