Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Entrópio e ectrópio

Por

James Garrity

, MD, Mayo Clinic College of Medicine

Última revisão/alteração completa jul 2020| Última modificação do conteúdo jul 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

Entrópio é uma doença em que a pálpebra se dobra para dentro (invertida), fazendo com que os cílios irritem o globo ocular. Ectrópio é uma doença em que a pálpebra se dobra para fora (evertida) de modo que sua borda não entra em contato com o globo ocular.

Normalmente, as pálpebras superior e inferior se fecham com firmeza, protegendo o olho de qualquer agressão e evitando a evaporação das lágrimas. Se a borda de uma das pálpebras se virar para dentro (entrópio), os cílios roçam no olho, podendo dar origem a uma úlcera e cicatrizes na córnea. Se a borda de uma das pálpebras se virar para fora (ectrópio), as duas pálpebras são incapazes de se fechar corretamente e as lágrimas não se espalham sobre o globo ocular.

Essas doenças são mais comuns nos idosos (geralmente como resultado do aumento do relaxamento dos tecidos, próprio da idade), em pessoas com alterações oculares causadas por infecção, cirurgia ou lesão, e em pessoas que têm blefaroespasmo. Ectrópio também pode ocorrer em pessoas com paralisia de Bell.

Sintomas

Tanto o entrópio como o ectrópio podem irritar os olhos, causando uma sensação que há alguma coisa no olho (sensação de corpo estranho), provocando lágrimas e vermelhidão.

Diagnóstico

  • Sintomas e exame médico

O médico estabelece o diagnóstico tanto do entrópio quanto do ectrópio com base nos sintomas e nos achados durante o exame.

Tratamento

  • Lágrimas artificiais e pomadas oftálmicas

  • Às vezes, cirurgia

Em pessoas com entrópio ou ectrópio, colírios lubrificantes (lágrimas artificiais) e pomadas lubrificantes oftálmicas (para uso na hora de dormir) podem ser usadas para manter o olho úmido e aliviar a irritação. O entrópio e o ectrópio podem ser tratados cirurgicamente - por exemplo, para conservar a visão, antes que ocorra uma lesão nos olhos ou se já ocorreu (como úlcera da córnea com entrópio), ou mesmo por comodidade, ou por razões de estética.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS