Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre tumores cutâneos

Por

Denise M. Aaron

, MD, Dartmouth Geisel School of Medicine

Última revisão/alteração completa set 2020| Última modificação do conteúdo set 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

As células da pele e dos tecidos subjacentes podem se acumular e provocar tumores. Os tumores podem ser volumosos ou planos e variar na cor Alterações de cor na pele Os médicos utilizam termos específicos para descrever vários tipos de marcas e crescimentos na pele. Alguns distúrbios e infecções da pele podem causar alterações na cor da pele. (Consulte também... leia mais Alterações de cor na pele entre o pardo escuro e o negro ou entre a coloração da pele e o vermelho. Os tumores cutâneos podem ser congênitos ou se desenvolver mais tarde.

Quando se consegue controlar o tumor e as células não se propagam a outras partes do corpo, é porque o crescimento de pele (tumor) é um tumor não canceroso (benigno). Porém, se não for possível controlar o tumor, este é canceroso (maligno) e as células invadem o tecido normal, propagando-se (formam metástases) a outras partes do corpo.

A maioria dos tumores de pele não é cancerosa. No entanto, as pessoas devem procurar um médico para determinar se o tumor é um câncer de pele Considerações gerais sobre cânceres de pele O câncer de pele é o tipo mais comum de câncer. O câncer de pele é mais comum entre pessoas que trabalham ou praticam esportes ao ar livre e entre banhistas. As pessoas com pele clara são particularmente... leia mais . Os tumores cutâneos não cancerosos constituem, frequentemente, mais um problema estético do que qualquer outra coisa.

Causas de tumores cutâneos

Desconhecem-se as causas da maioria dos tumores cutâneos não cancerosos. Contudo, sabe-se que alguns tumores são causados por:

Diagnóstico de tumores cutâneos

  • Exame da pele

  • Algumas vezes, biópsia

Os médicos muitas vezes conseguem reconhecer tumores cutâneos examinando a pele.

Tratamento de tumores cutâneos

  • O tratamento depende do tipo de tumor

Alguns tumores cutâneos não são tratados e desaparecem por si só.

Tumores cutâneos não cancerosos que forem incômodos e não desaparecerem por si só podem ser retirados. Alguns tumores são extraídos com uma agulha elétrica ou bisturi. Outros tumores são retirados com lasers ou congelando-os com nitrogênio líquido.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Diagnóstico de Anomalias da Pele
Muitos exames para identificar distúrbios da pele estão disponíveis. Em caso de suspeita de infecção fúngica ou escabiose, um médico pode realizar qual dos testes a seguir?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS