Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Introdução à hipersensibilidade e distúrbios inflamatórios da pele

Por

Mercedes E. Gonzalez

, MD, University of Miami Miller School of Medicine

Última revisão/alteração completa mar 2018| Última modificação do conteúdo mar 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Hipersensibilidade e distúrbios inflamatórios da pele são causados por reações do sistema imunológico que envolvem a pele. (Consulte também Erupções cutâneas causadas por medicamentos).

O sistema imunológico desempenha um papel essencial na manutenção da saúde de todos os tecidos do corpo. O sistema imunológico reage a invasores, como micro-organismos, substâncias estranhas ou células cancerosas e desencadeia uma inflamação para atacar esses invasores. Geralmente, o sistema imunológico protege o organismo e ajuda na sua cura. No entanto, às vezes o sistema imunológico é direcionado erroneamente a tecidos saudáveis e causa inflamação e danos intensos.

A pele pode estar envolvida em uma série de reações do sistema imunológico, muitas das quais provocam erupções cutâneas. A palavra “erupção cutânea” se refere a alterações na cor (como vermelhidão) e/ou na textura (como caroços e inchaços) da pele. Muitas erupções cutâneas coçam, como as que surgem frequentemente após uma reação alérgica (de hipersensibilidade), mas algumas erupções são dolorosas ou não provocam nenhuma sensação. Algumas vezes, uma reação imunológica é causada por substâncias que uma pessoa toca ou come; no entanto, os médicos muitas vezes não sabem por que o sistema imunológico reage para causar uma erupção cutânea.

Algumas erupções cutâneas ocorrem com mais frequência em crianças, ao passo que outras ocorrem quase sempre em adultos.

O diagnóstico da maioria das erupções cutâneas de hipersensibilidade baseia-se no seu aspecto. Muitas vezes, a causa de uma erupção cutânea não pode ser determinada com exames de sangue, e geralmente não são feitos testes de nenhum tipo. No entanto, as erupções cutâneas persistentes, sobretudo as que não respondem ao tratamento, podem levar o médico a fazer uma biópsia da pele, na qual um pequeno fragmento da pele afetada pela erupção é colhido com um bisturi para ser examinado ao microscópio. Além disso, se o médico suspeitar que a causa é uma dermatite de contato podem ser realizados testes cutâneos.

O sistema imunológico desempenha um papel muito importante na ocorrência de doenças de pele, incluindo

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Acne
Vídeo
Acne
A pele contém muitos folículos pilosos diminutos, ou poros. Cada poro contém um pelo e uma...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Eritema linear
Modelo 3D
Eritema linear

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS