Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Dentes quebrados, soltos ou fraturados

Por

Michael N. Wajdowicz

, DDS, USAF

Última revisão/alteração completa jun 2019| Última modificação do conteúdo jun 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Dentes fraturados, frouxos ou arrancados são alguns problemas dentários urgentes que requerem atenção imediata. Os dentes ficam comumente rachados (fraturados), frouxos ou são arrancados (avulsionados) quando as pessoas recebem um forte golpe na boca. Algumas vezes, dentes previamente enfraquecidos ficam fraturados ou frouxos ao mastigar.

Dentes fraturados

Os dentes frontais superiores são mais propensos a lesões e fraturas. Alguém que tenha uma forte e breve dor durante a mastigação ou ao comer algo frio pode ter uma fratura incompleta de um dente em qualquer lugar da boca. Contanto que o dente apresente apenas uma rachadura e uma parte do dente não tenha se separado, o dentista frequentemente pode corrigir o problema com uma simples obturação. Fraturas mais extensas podem exigir uma coroa, com ou sem tratamento de canal.

Se o dente não é sensível ao ar ou água fria após uma lesão, é mais provável que apenas a superfície exterior dura (esmalte) tenha sido danificada. Mesmo que o esmalte tenha sido ligeiramente lascado, não é necessário um tratamento imediato. Fraturas da camada intermediária do dente (dentina) são geralmente dolorosas quando expostas ao ar e/ou a alimentos. Portanto, pessoas com tais fraturas devem procurar um dentista urgentemente. Se a fratura afeta a parte mais interna do dente (polpa) vai aparecer uma mancha vermelha e muitas vezes um pouco de sangue na fratura. O tratamento de canal pode ser necessário para remover a polpa lesionada restante, antes de causar uma dor mais grave.

Camadas do dente

Camadas do dente

Dentes frouxos

Se uma lesão afrouxar um dente no alvéolo ou se o tecido ao redor da gengiva sangrar muito, a pessoa deve procurar um dentista imediatamente, pois a raiz ou o alvéolo dentário pode estar fraturado. Um dente frouxo que é reposicionado e estabilizado rapidamente normalmente é mantido permanentemente. Dentes de leite (decíduos) afrouxados seriamente na parte da frente da boca são muitas vezes retirados para evitar danos aos dentes permanentes já existentes.

Dentes arrancados

Pessoas que tiveram dentes de leite ou dentes permanentes arrancados devem ser levadas imediatamente a um dentista mais próximo. Dentes de leite arrancados não devem ser reimplantados porque podem se infeccionar e o reimplante desses dentes pode interferir no nascimento dos dentes permanentes. No entanto, um dente permanente arrancado exige tratamento imediato.

Se possível, o dente permanente deve ser imediatamente recolocado em seu alvéolo (sem encostar nas raízes). Se a pessoa não puder colocar o dente em seu alvéolo, o dente deve ser enrolado em um papel toalha umedecido ou, melhor ainda, colocado em um copo de leite para levá-lo ao dentista. (O leite proporciona um bom ambiente para nutrir o dente). Se a pessoa estiver consciente e for improvável ela inalar ou engolir o dente, ele poderá ser colocado na boca durante o transporte ao consultório dentário. O dente pode ser gentilmente enxaguado com água fria por dez segundos, mas não deve ser esfregado, porque esse ato pode remover o tecido na raiz que é necessário para reimplantar o dente.

Se o dente arrancado não for encontrado, pode ter sido inalado pelos pulmões (aspirado) ou acidentalmente ingerido. Uma radiografia torácica pode ser realizada para verificar a presença de um dente nos pulmões; no entanto, um dente ingerido é inofensivo, e as radiografias não são realizadas com frequência para verificar a presença de um dente no trato digestivo. As pessoas com dentes arrancados que estão sendo reimplantados normalmente tomam antibióticos por vários dias. Se o dente tiver entrado em contato com sujeira, geralmente o médico também avaliará o estado de imunização da pessoa contra o tétano.

Se um dente permanente arrancado for implantado dentro de 30 minutos a 1 hora, a probabilidade de que ele volte a se fixar no alvéolo é boa. Após 30 minutos, quanto mais tempo o dente ficar fora do alvéolo, piores serão as chances de ter sucesso. O dentista normalmente prende o dente aos dentes adjacentes por 7 a 10 dias. Se o osso ao redor do dente também tiver sido fraturado, o dente tem que ficar preso por 6 a 10 semanas. Dentes reimplantados acabam precisando de tratamento de canal.

Você sabia que...

  • Um recipiente de leite pode ser usado para transportar um dente arrancado até o dentista.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Canal radicular
Vídeo
Canal radicular
Depois de comer, partículas de alimentos e líquidos contendo açúcar e amido são deixadas nos...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Ranger os dentes
Modelo 3D
Ranger os dentes

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS