honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Retração da gengiva

Por

James T. Ubertalli

, DMD, Hingham, MA

Última revisão/alteração completa jun 2019| Última modificação do conteúdo jun 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A retração da gengiva é a perda de tecido na linha da gengiva, com exposição da raiz do dente.

A retração geralmente ocorre no tecido fino e delicado das gengivas ou em resposta a uma escovação muito agressiva ou a pastas dentais abrasivas, como as usadas para branqueamento ou controle do tártaro. Também pode resultar de lesão ou, muito frequentemente, do processo de envelhecimento natural. A maioria das pessoas apresenta uma retração leve.

A retração também pode resultar nos dentes ficarem muito sensíveis ao frio, aos doces ou ao toque. Em algumas ocasiões é acompanhada de perda óssea e faz com que os dentes fiquem mais vulneráveis às cáries da raiz.

Tratamento

  • Dessensibilização pastas dentais para dentes sensíveis

  • Técnica de escovação especial

  • Às vezes, um procedimento de enxerto

É necessário proceder ao tratamento da retração gengival quando as gengivas ou os dentes perdem a faixa espessa de tecido que ajuda a proteger o osso subjacente. O tratamento também é necessário quando a placa (uma substância semelhante a uma película composta principalmente de bactérias) se acumula, resulta em gengivas inchadas e com sangramento, e é difícil de remover.

Para as pessoas com retração ou sensibilidade leve, os dentistas podem aplicar uma substância que torna os dentes menos sensíveis. Eles aconselham as pessoas a usarem uma pasta de dentes dessensibilizante ou outra pasta de dentes suave que não contenha abrasivos potentes presentes em pastas de dentes branqueadoras ou com controle de tártaro comuns. As pessoas também são orientadas a usar uma escova de dentes com cerdas macias e uma técnica especial de escovação que ajuda a limpar os dentes na linha da gengiva. A técnica envolve mover gentilmente as cerdas para frente e para trás num ângulo de 45 graus em relação aos dentes. Tais medidas ajudam para que a retração não piore, mas não a curam.

Para pessoas com retração grave, o tratamento consiste num procedimento de enxerto, no qual tecido mole do palato ou tecido de doadores processado comercialmente é suturado sobre a zona afetada.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS